A perseguição a pessoas com deficiências durante o Holocausto | Jornal Plural
21 set 2020 - 20h45

A perseguição a pessoas com deficiências durante o Holocausto

Material gratuito de museu curitibano oferece atividades pedagógicas e recurso de audiodescrição

Nesta segunda-feira (21), Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, o Museu do Holocausto de Curitiba lança o material digital “Nada sobre nós sem nós”. Acessível e gratuito, o projeto apresenta o contexto que levou à esterilização e ao extermínio de pessoas com transtornos mentais e deficiências físicas, sensoriais e intelectuais pelo regime nazista.

A exclusão social de pessoas com deficiências é tão antiga quanto a nossa socialização. Renegadas e escondidas, elas se deparavam com a segregação e a desinformação – fatores que fomentam o preconceito. Entretanto, temos visto avanços em vários campos. “Lembrar tal episódio de nossa História nos ajuda a compreender como o direito à inclusão está ligado aos direitos humanos de forma intrínseca”, afirma Carlos Reiss, coordenador-geral do espaço.

Desenvolvido em parceria com o Projeto Ver Com as Mãos e o curso de Letras Libras da Universidade Federal do Paraná (UFPR), o material ainda traz histórias de vítimas da perseguição, sugestões de atividades para desenvolver em sala de aula e dicas de obras que abordam a temática. A iniciativa conta com o recurso de audiodescrição, realizado por Raquel Carissimi.

Esta é a segunda vez que o Museu narrar histórias de grupos vítimas do regime nazista. Em 2017, o “Nossa Luta: a perseguição aos negros durante o Holocausto”, transformado posteriormente em exposição itinerante, foi pioneiro em traçar paralelos entre a opressão nazista, os direitos humanos e a consciência negra no Brasil.

Para ter acesso a mais informações sobre o Holocausto e ao material “Nada sobre nós sem nós”, acesse aqui.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias