22 out 2021 - 14h15

Curitiba ganha cafeteria e padaria inspirada nos países nórdicos

Brød Bakery serve pães de fermentação natural, café paranaense e pratos com vegetais orgânicos

As cafeterias dos países escandinavos – Noruega, Suécia e Finlândia – serviram de inspiração para criar o conceito da Brød Bakery, nova padaria com cafés que abriu nesta semana ao lado do Parque Barigui, em Curitiba.

O cardápio é extenso e contempla opções para café da manhã, pratos para o almoço e petiscos para o happy hour. Destaques são os pães de fermentação natural – produzidos na Santo Pane, padaria dos mesmos proprietários – e os cafés feitos com grãos do Norte do Paraná.

Pães e doces são vendidos para levar para casa, comer no local e servem de base para muitas opções do menu como as tartines, bruschettas fartamente recheadas. Entre as versões estão as com avocado, presunto parma e salmão gravlax – de R$ 30 a R$ 36 a unidade.  

Smoothie servido na tigela: amoras, banana, suco de laranja, manjericão e amêndoas laminadas.

Há ainda cinco opções de pratos com ovos – omelete ou mexidos – que levam acompanhamentos como muçarela e alho-poró, iogurte nórdico (filmjölk) e bacon, entre outros ingredientes. Os preços vão de R$ 18 a R$ 28.

O cardápio transita entre opções para o café da manhã – que na verdade são servidas o dia inteiro -, como os clássicos ovos benedetinos (R$ 32), croque monsieur (R$ 32) e avocado toast (R$ 30), e as tábuas para compartilhar com até cinco pessoas. Elas levam mix de pães, frios, além de geleias, pastas como hommus e outros acompanhamentos – a partir de R$ 60.

Risoto de açafrão com hidromel, medalhão de alcatra flambado ao pesto de rucúla (R$ 48).

A padaria foi batizada de Brød, palavra sueca para pão. “Desenvolvemos uma técnica que alimenta o fermento de forma a não deixar o pão tão azedo. Como resultado, temos pães de fermentação natural saudáveis, sem química e sem conservantes, mas que não têm o sabor azedo tão marcante se comparado ao das receitas mais tradicionais. Porém, se trata do mesmo processo de fermentação”, explica o padeiro e sócio-proprietário Ricardo Zilz, que comanda a casa ao lado de Thaysa Kotinda, Marciele Guimarães Fagundes e Fabio Mello Fagundes.

Futuramente, a casa vai oferecer cursos na área de panificação e confeitaria, em uma cozinha própria com capacidade para 21 pessoas, dentro da panificadora.

Pães de fermentação natural para levar para casa ou comer no local.

No almoço, a Brød serve risotos, coxa de frango com purê de raízes e pratos à base de salmão (a partir de R$ 44). Parte dos ingredientes são sem agrotóxicos e são produzidos na chácara dos sócios, localizada à beira do Rio Passaúna.

As sobremesas – para que gosta de doces muito doces – são fartas ao ponto de servir duas pessoas. Entre as opções estão crumble, brownie, cocada e cookie (a partir de R$ 26).

Balcão da confeitaria e panificação. Foto: Andrea torrente/Plural.

Na parte de cafeteria são mais de 20 opções de cafés quentes e gelados, além de bebidas com leite e opções de leite sem lactose. Nos finais de semana, a casa serve o brunch. O espaço conta também com um pequeno empório com vinhos e hidromel da marca curitibana Valkyria – nas versões espumante, seco e suave.

O espaço, com projeto assinado pelo escritório Fernando Henares Arquitetura, tem fachada totalmente de vidro e se estende sobre dois andares. A decoração é moderna com elementos em concreto e madeira, e uma parede decorada com um grande grafite que representa um viking.

Padria tem dois andares e decoração moderna. Foto: Andrea torrente/Plural.

Serviço

Rua Padre Ladislau Kula, 800, Santo Inácio, Curitiba. Terça a domingo das 8 às 20h. Instagram: @brodbakerycuritiba

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

3 comentários sobre “Curitiba ganha cafeteria e padaria inspirada nos países nórdicos

  1. Lugar interessantíssimo para aquele brunch (Aliás, é praticamente impossível achar um lugar que sirva brunch em Curitiba).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Radiocaos Fosfórico

Neste episódio os textos e ideias combustíveis de Trin London, Merlin Luiz Odilon, Menotti Del Picchia, Alana Ritzmann, Otto Leopoldo Winck, Gabriel Schwartz, Cyro Ridal, Robson Jeffers, Guilherme Zarvos, Carlos Careqa, Clarice Lispector, Luciano Verdade, Giovana Madalosso, Charles Baudelaire, Arnando Machado, Edilson Del Grossi, Francisco Cardoso, Liliana Felipe, Valêncio Xavier, Carlos Vereza, Ícaro Basbaum, Mauricio Pereira, Mano Melo, Monica Prado Berger, Amarildo Anzolin, Antonio Thadeu Wojciechowski, Marcelo Christ Hubel, Cida Moreira, entre outros não menos carburantes.

Redação Plural.jor.br