Bar que deu o pontapé inicial à “prainha da Itupava” fecha as portas | Jornal Plural
24 fev 2021 - 10h43

Bar que deu o pontapé inicial à “prainha da Itupava” fecha as portas

A festa de despedida, sem aglomeração, será no sábado a partir do horário do almoço

Até o começo de 2017, ninguém dava bola para o Shopping Itupava, um conjunto semivazio de lojas em frente à linha do trem, no Hugo Lange, em Curitiba. Em 6 de abril daquele ano, porém, uma pequena hamburgueria abriu as portas e deu o pontapé inicial à região que ficaria conhecida como “prainha da Itupava”.

No próximo domingo (28), após quatro anos de badalação, o Sí Restobar vai encerrar as atividades e ceder lugar para um novo empreendimento comandado pelo grupo Aqueces Bar. A festa de despedida, sem aglomeração, será no sábado (27) a partir do horário do almoço quando, além do cardápio tradicional, a casa vai servir um prato especial – filé mignon com nhoque frito pelo preço de R$ 50.

“É desde o começo do ano passado que cogitamos fechar, daí veio a pandemia e foi o empurrãozinho que a gente precisava”, explica Rafael Krieger, um dos sócios-proprietários ao lado da esposa Stella e do amigo Leandro Gotti. “Sentimos que um ciclo se encerrou e precisamos partir para um novo projeto”, diz o empresário.

A abertura do Sí Restobar impulsionou a gastronomia e a vida noturna, trazendo para a região um modelo que na época fazia sucesso na Vicente Machado e que seria copiado também pelo Shopping Hauer: hambúrguer, pizza em fatia, espetinhos para comer de pé acompanhados de cervejas artesanais e drinks.

Os empresários não descartam reabrir o Sí em outro local, no futuro, mas por enquanto o foco é no Antonina, bar de tapas que deve inaugurar até o final de março no belo casarão que abrigava o Carmina Bistrô, na Rua Conselheiro Carrão, no Juvevê. A reforma do espaço já está a pleno vapor.

“Vai ser um restaurante e bar com bastantes opções de pratos e porções para compartilhar. Teremos um salão com sofás e mesas, uma área externa com mesinhas para quem quiser só beber ou beliscar alguma coisa e um quiosque central para quem quiser sentar no balcão do bar”, explica Krieger. A capacidade será para 30 pessoas.

O nome Antonina já dá pistas sobre a proposta da casa. O cardápio vai focar em peixes e frutos do mar – de siri a mariscos, passando por moqueca e peixes na brasa – e especialidades típicas do litoral paranaense como o barreado. Quem vai comandar a cozinha será o próprio Krieger, que tem formação em gastronomia.

Outro foco será a carta de drinks que terá bebidas clássicas e uma seleção de coquetéis autorais feitos com cachaça. A casa vai funcionar de terça a domingo no jantar e no fim de semana também no almoço. Os donos calculam um ticket médio de R$ 100.

Serviço

Rua Itupava, 1299. De terça a domingo, das 18 às 22h. A festa de despedida será no sábado a partir das 12h.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

2 comentários sobre “Bar que deu o pontapé inicial à “prainha da Itupava” fecha as portas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias