Fotos para atenuar a saudade de Curitiba | Jornal Plural
17 abr 2020 - 17h44

Fotos para atenuar a saudade de Curitiba

Curitiba de Graça também traz sugestões de jogos online e quizzes para divertir durante a quarentena

Estar em casa não é motivo para monotonia. É possível fazer uma agenda com várias atividades diferentes. Para ajudar neste momento de distanciamento social, listamos algumas sugestões desde filmes a “bolachões” da época da vovó ou do papai e da mamãe.

Confira:

Filmes nacionais e internacionais

O Casamento de Muriel. Crédito da foto: reprodução Belas Artes a la Carte.

O cineasta Pedro MC, do projeto Cinemática, reuniu uma lista de sites que apresentam filmes que podem ser acessados pela internet e de graça. No Cinetecaparararos.tumblr.com é possível encontrar aqueles chamados “filme arte”, que acabam não sendo tão comercias, mas mesmo assim há alguns bem famosos como Labirinto, com a participação do David Bowie.

Neste mesmo site você também pode encontrar filmes aclamados e premiados como: Paris, Texas e ou a animação Persépolis.

Outro site é o belasartesalacarte.com.br, que apresenta títulos como: O Casamento de Muriel, Morte em Veneza e Bagdá Café.

Para acessar filmes nacionais a dica é o: spcineplay.com.br. Nele, você encontra, por exemplo, vários filmes de José Mojica Marins, o Zé do Caixão, que nos deixou em fevereiro deste ano.

Quiz e jogos virtuais

Jogos virtuais têm sido uma forma de liberar a tensão nesta época de distanciamento social. Uma sugestão bem divertida são os jogos da Galápagos, principal editora de jogos modernos de tabuleiro e cartas. A marca disponibilizou gratuitamente versões de grandes títulos de sucesso para baixar.

Recentemente, entraram para a lista as versões Cinema e Ficção Científica da consagrada série de enigmas Black Stories. No desafio, a partir de dois participantes, uma pessoa lê uma história misteriosa que deve ser desvendada pelos demais com perguntas que só podem ser respondidas com “sim”, “não” ou “irrelevante”.

A versão Cinema traz casos baseados nos clássicos das telonas. Já a Ficção Científica agradará aos fãs de viagens interestelares e sabres de luz.

As opções podem ser encontradas em:https://asmodee.galapagosjogos.com.br/imprima-e-jogue

Quizzes e mais quizzes

Crédito da foto: Frepik.

Para quem já está cansado das diversões habituais, selecionamos alguns jogos de perguntas e respostas.

Para quem gosta de temas gerais a sugestão é o Quizz Pop http://www.quizpop.com.br/

Para temas mais irreverentes, tem o conhecido Buzzfeed, que pode ser acessado pelo: https://www.buzzfeed.com/br

Mas, se você quer um quiz um pouco mais sério, com conhecimentos gerais, saúde, nutrição, lógica e matemática, pode acessar o Mundo Simples – pelo https://www.mundosimples.com.br.

Para saber outras sugestões, acesse: www.curitibadegraca.com.br

Coleção Disquinho – obra-prima em forma de vinis coloridos

Reprodução da capa da Coleção Disquinho.

Quem tem mais de 40 anos, certamente, deve lembrar-se dos vinis coloridos de histórias infantis. A coleção foi lançada pela gravadora Continental, em 1960. As historinhas eram gravadas em compactos, pequenos vinis de sete polegadas, e todos coloridos. Cada disco, com capas ricamente ilustradas, trazia uma história narrada pelo Teatro Disquinho, repleta de canções. Foram contos clássicos de Perrault, Grimm, La Fontaine e as melhores histórias que até hoje contamos para nossos filhos, sobrinhos e netos.

A maior parte das canções, que entremeiam as histórias, foi composta por Braguinha, também conhecido como João de Barro – ilustre compositor, cantor e roteirista. Braguinha teve parceiros famosos, como Noel Rosa, e é muito conhecido pelas marchinhas que compôs, como “Chiquita Bacana” e “Balancê”.

Em reportagem, escrita pela jornalista Irma Bicalho, o Curitiba de Graça selecionou as histórias contadas nos disquinhos – e que estão no YouTube – e que agora podem ser rememoradas pelos adultos e quem sabe, por seus filhos também.

Aqui, uma das mais conhecidas: Pinóquio https://www.youtube.com/watch?v=k2C3HLS7mZY

Para ouvir mais, acesse: www.curitibadegraca.com.br

Curitiba na lente – Do comum ao singular por Pedro Vieira

Museu Oscar Niemeyer. Crédito da foto: Pedro Vieira.

Desde a semana passada, o Curitiba de Graça passou a apresentar a cidade pelo olhar singular dos fotógrafos. Quem mostra a cidade por vários ângulos neste fim de semana, na coluna Curitiba na Lente, é o designer e fotógrafo Pedro Vieira.

Para conferir todas as fotos, basta acessar www.curitibadegraca.com.br, colunista, coluna “Curitiba na Lente”.

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Últimas Notícias