Ação do PSOL pede que nomeação de Eduardo Pimentel no governo seja anulada

Vice-prefeito fica revezando de cargo desde o início do segundo mandato de Ratinho

Integrantes do PSOL de Curitiba entraram na Justiça com uma ação popular para tentar anular a nomeação de Eduardo Pimentel (PSD) como secretário de Estado das Cidades – cargo que ele ocupa desde o começo do ano passado, no segundo mandato do governador Ratinho Jr (PSD).

A ação afirma que a nomeação do vice-prefeito de Curitiba para um cargo no primeiro escalão do governo do Paraná causa uma espécie de “confusão federativa” e leva Eduardo Pimentel a, muitas vezes, assinar convênios em que ele é integrante de ambas as partes envolvidas.

O documento levado à Justiça mostra diversas vezes em que, como secretário das Cidades, Eduardo Pimentel assinou convênios que implicam a transferência de grandes somas de dinheiro par a a Prefeitura. Num do casos, o acordo envolvia a ampliação de um contrato em mais de R$ 80 milhões.

Os denunciantes alegam que o exercício dos dois cargos simultaneamente é proibido pela legislação e que por isso Pimentel fica sendo repetidamente nomeado e exonerado da Secretaria das Cidades. A cada vez que precisa substituir Rafael Greca (PSD) como prefeito, ele é exonerado do governo, fica uns dias como prefeito e depois volta a ser nomeado por Ratinho.

Sobre o/a autor/a

Compartilhe:

Leia também

O (des)encontro com Têmis

Têmis gostaria de ir ao encontro de Maria, uma jovem vítima de violência doméstica, mas o Brasil foi o grande responsável pelo desencontro

Leia mais »

Melhor jornal de Curitiba

Assine e apoie

Assinantes recebem nossa newsletter exclusiva

Rolar para cima