fbpx
destaque Vizinhança

Airbnb movimentou R$ 2,6 milhões em Curitiba em janeiro

Foto: Michel Willian/SMCS (arquivo)
Compartilhe

Locação de casas e quartos pelo Airbnb teve melhor receita desde 2016 em Curitiba

Compartilhe

A locação de casas e quartos pelo site Airbnb teve sua melhor receita desde agosto de 2016 em Curitiba. Dados obtidos pelo Plural mostram que os proprietários dos 2.218 imóveis da cidade ativos no sistema faturaram um total de R$ 2.656.846,00 nos primeiros 31 dias do ano. A maior parte (88,5%) da receita foi para proprietários de imóveis locados inteiros (o site permite também a locação de quartos privativos ou compartilhados).

Historicamente, o mês de janeiro é o melhor período de locação de imóveis pelo Airbnb na cidade. A receita com o serviço em fevereiro de 2019 caiu para R$ 1.974.274,00.

Na média, proprietários de imóveis do Airbnb em Curitiba têm rendimento mensal de R$ 1508. Os maiores valores são de imóveis locados inteiros, que representam 57% do total de unidades disponíveis. Dos 2.218 imóveis, 44% são casas ou apartamentos de um quarto. Outros 20% têm dois quartos e 19% são imóveis do tipo studio.

Apesar do aumento na receita, Curitiba registrou uma pequena queda no número de hóspedes em janeiro de 2019. A cidade acolheu via Airbnb 2.815 em novembro de 2019, quando a receita mensal do serviço ficou em R$ 2 milhões. Em janeiro foram 2.262 hóspedes de locação temporária na cidade.

Oportunidade para poucos

Serviços como o Airbnb são vendidos como uma oportunidade para se obter receita de um patrimônio que pode estar ocioso. No entanto, os dados do sistema mostram que nem todos os proprietários de imóveis disponíveis na plataforma tem resultados positivos. O Plural apurou que das 2.218 unidades disponíveis no site em Curitiba, apenas 1.362 (61%) tiveram pelo menos uma reserva no último mês.

As reservas dessas unidades aconteceram, em média, 21 dias antes da data da hospedagem e as unidades que foram reservadas no período tiveram índice de ocupação médio de 68%.

Um dos fatores que valorizam e aumentam as chances de uma propriedade gerar receita pelo Airbnb, mostram os dados, é a localização. Os bairros mais bem sucedidos de Curitiba são Batel, Mercês e Bigorrilho, todos próximos a região central e em áreas de alto padrão.

Sobre o autor

Rosiane Correia de Freitas

É jornalista, professora universitária e coordenadora de conteúdo do Plural. É formada em Jornalismo e Mestre em Educação pela UFPR. Sua especialidade é o jornalismo de dados e jornalismo investigativo. Foi fellow do jornal Washington Post em 2010 e é integrante da IRE (Investigative Reporters and Editors)

Deixe seu comentário