Ministério Público denuncia grupo que aplicava golpe em idosos de Campo Largo

Catorze pessoas deverão responder por associação criminosa e estelionato

Catorze pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público do Paraná (MPPR) e vão responder por associação criminosa e estelionato por aplicarem golpes em idosos em Campo Largo. Ao menos 25 pessoas foram vítimas do grupo.

De acordo com o MP quatro vítimas foram identificadas. O processo tramita na Vara Criminal de Campo Largo.

O caso é investigado desde 2018 e em setembro deste ano foi finalizada a tramitação entre a Polícia Civil (PC), responsável pelo inquérito, e o MP. Em novembro o caso virou ação penal.

Leia também: Curitiba é a cidade paranaense com mais idosos centenários

Segundo a denúncia os acusados usavam empresas seguradoras para enganar as vítimas. Os idosos assinavam falsos contratos de seguro de vida e contra acidentes e os pagamentos beneficiavam os envolvidos no esquema criminoso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Plural se reserva o direito de não publicar comentários de baixo calão, que agridam a honra das pessoas ou que não respeitem níveis mínimos de civilidade. Os comentários são moderados por pessoas e não são publicados imediatamente.

Rolar para cima