Governo libera futebol no Paraná | Jornal Plural
Clube Kotter
16 jul 2020 - 22h17

Governo libera futebol no Paraná

Jogos do Campeonato Paranaense retornam em 18 de julho. Clubes devem seguir protocolo rígido antes de entrar em campo

Como já era esperado em razão do fim da quarentena restritiva, o governo do Paraná confirmou oficialmente nesta quinta-feira (16), o retorno dos jogos do Campeonato Paranaense. A decisão foi tomada em uma videoconferência que discutiu o protocolo de retorno das atividades do futebol profissional.

A reunião teve a participação do governador Ratinho Jr (PSD), do secretário Estadual de Saúde, Beto Preto, do presidente da Federação Paranaense de Futebol (FPF), Hélio Cury, e de representantes dos clubes.

Os jogos serão retomados no estilo mata a mata nesse sábado (18). As partidas serão sem público e o acesso nos estádios está restrito apenas aos atletas, comissões, arbitragem, organizadores, profissionais da imprensa e outros funcionários considerados essenciais. A retomada era um desejo da FPF, que pediu autorização da Câmara Municipal de Curitiba para voltar com o futebol na Capital.

Apesar da tentativa, a entidade não conseguiu mudar a posição da Prefeitura sobre a volta do futebol. Apesar de autorizar a reabertura do comércio, Curitiba permanece com a Bandeira Laranja para a Covid-19 e algumas restrições estão mantidas na Cidade.

Na reunião para discutir a volta do futebol, ficou acordado que os jogos devem respeitar todas as regras sanitárias estabelecidas pela FPF e pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). As normas foram referendadas pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) e incluem realização de testes, aferição de temperatura e higienização dos estádios.

Ratinho pediu que os clubes façam campanhas de conscientização para evitar aglomerações nos arredores dos locais dos jogos, bares e em restaurantes. Para o governador, o retorno do futebol acontece dentro de parâmetros de saúde bem rígidos. “O objetivo é a proteção da saúde das equipes, das comissões técnicas e dos profissionais da imprensa. Não podemos esquecer que ainda há pandemia e que o Paraná enfrenta momento difícil”, afirmou.

Representantes dos clubes paranaenses. Foto: Rodrigo Félix Leal / AEN

Protocolo rígido

O secretário Beto Preto afirmou no encontro que os clubes cumpriram recomendações que eram anteriores as etapas do processo de retorno. As equipes foram submetidas a planos de treinamento individual e coletivo, com testes frequentes de jogadores, profissionais e funcionários, que estão sendo acompanhados.

O secretário destaca que a federação apresentou um protocolo rígido de regras, com base na documentação da CBF, que deve terá a sua evolução monitorada diariamente. Segundo ele, o objetivo é preservar a saúde de todos os envolvidos e evitar aglomeração de torcedores. O protocolo da FPF também pede para que os próprios jogadores reservas dos clubes fiquem nas arquibancadas e não no banco, respeitando o distanciamento social.

Outro cuidado básico é para que todos os ambientes sejam higienizados de maneira preventiva com água sanitária. Na data da partida haverá avaliação epidemiológica dos jogadores. Somente os atletas e o árbitro principal podem ficar sem máscara. O álcool 70% para higienização constante dos envolvidos no jogo deve estar disponível e a orientação é para evitar cumprimentos antes das partidas e comemorações coletivas.

Coronavírus no futebol

A retomada do futebol vai acontecendo aos poucos em vários estados brasileiros. O Rio de Janeiro já retomou o Campeonato Carioca e o Paulista volta no dia 22 de julho. O Catarinense também chegou a retornar, mas teve que ser suspenso devido a uma onda de Covid-19 dentro dos clubes. Só a equipe da Chapecoense teve 14 casos confirmados da doença.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias