Editoras oferecem e-books de graça, outras socorrem as livrarias de rua | Jornal Plural
Clube Kotter
23 mar 2020 - 18h48

Editoras oferecem e-books de graça, outras socorrem as livrarias de rua

Companhia das Letras lista dez títulos grátis e L&PM disponibiliza um livro gratuito por dia, enquanto Âyinê e a curitibana Arte e Letra repassam lucros das vendas on-line para lojas de rua

Para incentivar as pessoas a ficar em casa durante o distanciamento social imposto pela pandemia do coronavírus, editoras estão oferecendo de graças alguns livros de seu catálogo.

A Companhia das Letras montou uma lista com dez opções que inclui do clássico “Memórias póstumas de Brás Cubas”, de Machado de Assis, até o livro de terror “O vilarejo”, de Raphael Montes.

No caso do Machado de Assis, trata-se de um texto em domínio público, mas vale dizer que a edição oferecida agora é da Penguin-Companhia, muito superior aos textos de domínio público que circulam pela rede. (Para se ter ideia, a edição conta com um estabelecimento de texto feito pelos pesquisadores Marta de Senna e Marcelo Diego.) Também é da coleção Penguin-Companhia o livro “O jardim secreto”, de Frances Hodgson Burnett, com tradução de Sonia Moreira.

Confira aqui a lista completa de títulos oferecidos pela Companhia das Letras, com opções de lojas onde encontrar os livros sem custo nenhum.

Um por dia

A editora L&PM está oferecendo um livro grátis por dia, todos os dias. O desta segunda-feira (23), por exemplo, é “Nas montanhas da loucura”, de H. P. Lovecraft. No domingo (22), foi “Mrs. Dalloway”, de Virginia Woolf, e no sábado (21), “O curioso caso de Benjamin Button”, de F. Scott Fitzgerald.

Para saber o título dia, é preciso conferir os perfis da L&PM nas redes sociais (como Instagram e Facebook). Os livros não custam nada para baixar em várias lojas on-line. O site da editora cita Amazon, Google Play, Kobo e Apple Books – porém, na Amazon, o download gratuito está disponível apenas para os assinantes de Kindle Unlimited. É possível comprar os livros também na loja virtual da L&PM.

Além dos títulos gratuitos, a L&PM está dando 30% de desconto em todo seu catálogo digital. Para ficar em um exemplo: o e-book de “Sapiens – Uma breve história da humanidade”, de Yuval Noah Harari, sai de R$ 39,90 por R$ 27,93. E o catálogo digital da L&PM é enorme…

Adote uma livraria

Ainda no espírito de solidariedade e inspirada em uma ideia que começou na Itália em quarentena, a editora Âyinê lançou a campanha “Adote uma livraria”, com a promessa de repassar o lucro com a venda de livros no site – o equivalente a 35% do valor de venda – para uma seleção de livrarias de rua do Brasil.

Entre os dias 23 de março e 11 de abril, dez livrarias de sete cidades diferentes serão beneficiadas em dias distintos. Entre as lojas selecionadas, estão as curitibanas Arte e Letra e Vertov.

“A cadeia inteira do livro precisa sobreviver. Editoras, distribuidoras, livrarias. Nessa situação qualquer negócio, seja ela pequeno ou grande, corre o risco de sofrer um abalo irreversível, mas as livrarias de rua, principalmente. Por isso decidimos focar a nossa campanha nas livrarias de rua”, explica a editora, em seu site.

Outros detalhes sobre a campanha estão aqui.

A editora Arte e Letra, de Curitiba, também lançou sua versão da “Adote uma livraria”, com sete lojas de rua selecionadas, incluindo as curitibanas Itiban, Vertov e Arte e Letra (a loja da própria editora).

A Âyinê admite que a campanha talvez seja um gesto simbólico. “Tomara que se expanda e se torne efetivo – para dar uma ajuda concreta [às livrarias]”, diz a editora. “Só terá resultado se várias editoras aderirem”, diz Thiago Tizzot, da Arte e Letra.

Ei, você! O Plural pretende sempre oferecer conteúdo gratuito e de qualidade. Mas isso só é possível se a gente tiver apoio de quem gosta do projeto. Olha só: você clica aqui, faz uma assinatura de R$ 15 e ganha um jornal para a cidade. Tá barato, hein?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias