La Guapa, de Paola Carosella, estreia suas empanadas em Curitiba

Plural visita o café La Guapa numa movimentada hora do almoço e prova as empanadas assadas no forno a lenha

É possível que esta seja a melhor notícia que vai receber nesta semana: La Guapa acaba de abrir uma unidade em Curitiba. A rede de cafés da chef Paola Carosella, famosa pela participação no “Masterchef”, tem como característica mais marcante um cardápio carregado de empanadas feitas no forno a lenha.

O La Guapa de Curitiba fica na alameda Dr. Carlos de Carvalho, 1.430, pouco depois da rua Alferes Angelo Sampaio. O espaço segue o mesmo bom gosto minimalista das unidades paulistanas: as cadeiras e bancos são confortáveis; as mesas, de madeira; e o ambiente é decorado apenas com plantas.

Hoje, o cardápio tem 11 sabores de empanada (confira aqui), da clássica com carne e azeitona (chamada de salteña pelo La Guapa) a uma novidade feita com palmito pupunha (que se chama nativa).

La Guapa

O café abriu no fim da semana passada e o Plural visitou o lugar no almoço desta segunda-feira (15). Quer uma dica? Evite o horário de almoço. Da fila para fazer o pedido no caixa à retirada das empanadas no balcão, levei 52 minutos. Como o café tem um horário largo – funciona das 10h às 22h durante a semana e das 12h às 22h nos fins de semana –, as possibilidades são várias.

Cada empanada custa R$ 9,90, tem mais ou menos o tamanho de um rissole (ou de um pastel pequeno) e é assado no forno a lenha. O preço é justo porque a qualidade dos produtos usados no preparo é evidente.

Pedi dois combos de seis empanadas cada um e paguei R$ 112,40 no balcão (cada combo sai por R$ 56,20). Fora do combo, as 12 empanadas custariam R$ 118,80. Tenha em mente que, no iFood, se você pedir para entregar em casa, tudo fica mais caro. Cada combo, por exemplo, sai por R$ 65,40.

Experimentei os sabores salteña, pucacapa e porteña. Os mesmos três que havia comido anos atrás, antes da pandemia, num La Guapa de São Paulo. Queria ver se a empanada era tão boa quanto na minha memória. (Ela é.)

Queimadinha

Para começar, a massa da empanada é fininha e muito leve. Ela tem um sabor sutil e funciona como uma coadjuvante competente para os recheios. O forno a lenha deixa a massa crocante, sobretudo nas bordas, além de dar uma aparência charmosa, queimadinha, mas sem o amargor que você poderia esperar do queimado. Por isso, um dos lemas do La Guapa é a frase: “Elas são assim mesmo… queimadinhas”.

Na salteña, o recheio de carne é úmido na medida, como um molho bem consistente, e tem um pouco de picância (o que me agrada, mas não é para todos os paladares). No recheio, vai também ovo cozido e batata. É uma empanada com personalidade.

As empanadas “queimadinhas” do café La Guapa. (Foto: Irinêo Netto/Plural)

Sabores

Enquanto eu estava na fila, ouvi um casal conversando atrás de mim. A mulher encontrou problemas em quase todos os sabores.

O acompanhante dela perguntava: carne?

“Tem azeitona. Não gosto.”

E aquela porteña?

“Ai, tem tomate.”

Pucacapa?

“Cebola. Ui.”

E assim eles foram até ela se conformar com a de frango caipira.

A porteña, aliás, tem um sabor incrível (foi a favorita aqui de casa). O recheio é simples – tomate, queijo e manjericão –, igual ao de uma pizza margherita, mas a combinação é imbatível. E a impressão é de que, dentro da empanada, os ingredientes se misturam melhor do que na pizza e, como diria o rato Remy, de “Ratatouille”, o resultado é “uma explosão de sabores”.

A descrição da pucacapa, de cebola caramelizada e queijo derretido, diz “levemente apimentada”, mas ela me pareceu levemente doce. E o sabor das cebolas é muito suave. Demais até.

Além dos sabores citados aqui, o cardápio tem mais oito. Logo mais, espero provar a cremosa (espinafre e brócolis com muçarela, ricota e parmesão) e a julieta (requeijão de corte, goiabada e alecrim… fiquei curioso).

La Guapa

O café La Guapa de Curitiba fica na alameda Dr. Carlos de Carvalho, 1.430 – Bigorrilho. Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 10h às 22h. Sábados e domingos, das 12h às 22h. O La Guapa tem um site e um perfil no Instagram. Confira o cardápio completo aqui. Se você prefere ficar em casa, o La Guapa atende pelo iFood.

Sobre o/a autor/a

10 comentários em “La Guapa, de Paola Carosella, estreia suas empanadas em Curitiba”

  1. As empanadas são ótimas, sou fã da Porteña. Já conhecia a da Av. Paulista e feliz estou de ter uma nessa cidade que me acolheu, onde nem sempre somos acolhidos (como dá pra perceber aqui nos coments). Mesmo assim sempre mais uma ótima pedida para levar amigos e parentes!

  2. Pertinho de casa, mas nunca chamou a atenção por ver sempre vazio. Passando pela frente a pé resolvi entrar pra experimentar. Comida mediana, atendimento ruim e demorado. Não recomendo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Plural se reserva o direito de não publicar comentários de baixo calão, que agridam a honra das pessoas ou que não respeitem níveis mínimos de civilidade. Os comentários são moderados por pessoas e não são publicados imediatamente.

Rolar para cima