11 mar 2022 - 8h30

Casares está em casa

Biblioteca Azul solta este mês o último volume das obras completas do escritor argentino

Após anos de espera, finalmente a Biblioteca Azul solta este mês o último volume das obras completas de Bioy Casares. Vertido por um time de tradutores, o volume tem as seguintes obras:

  • Dormir ao sol;
  • O herói das mulheres;
  • A aventura de um fotografo em La Plata;
  • Histórias desmesuradas;
  • Uma boneca Russa;
  • Uns dias no Brasil (diário de uma viagem);
  • Um campeão desigual;
  • Uma magia modesta;
  • De um mundo a outro;
  • Das coisas maravilhosas;
  • Obra do período inédita em livro.

Rebeldia de Rebelo

Marques Rebelo. Foto: reprodução.

A José Olympio reedita a obra de Marques Rebelo, em março saem Oscarina e A estrela sobe.

Audácia de Auden

W.H. Auden. Foto: reprodução.

A Âyiné solta em maio Aulas sobre Shakespeare, de W.H. Auden, uma série de aulas na New School for Social Research de New York, dedicadas ao teatro e aos Sonetos de Shakespeare

Moinho chinês

Yao Feng. Foto: divulgação.

A Moinhos passa a investir em uma série de autores chineses. Essa semana a editora faz lançamento triplo:

  • O além da montanha, de Yao Feng;
  • Contos de fantasia chineses, de Pu Songling (tradução de Ana Cardoso, Zhang Mengyao, Chen Qu, Xiong Xueying e Lou Zhichang);
  • Não acredito no eco dos trovões, de Bei Dao (tradução de Yao Feng, Huang Lin, Manuela Carvalho e José Luis Peixoto).
Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Assuntos:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os comentários feitos em textos do Plural são moderados por pessoas, não robôs, e não são publicados imediatamente. Não publicamos comentários grosseiros, agressões, ofensas, acusações sem provas nem aqueles que promovem tratamentos sem comprovação científica.

Últimas Notícias

Post adultera áudio e mente ao afirmar que Lula foi xingado em Caruaru

É falso conteúdo publicado no Facebook afirmando que Lula foi hostilizado ao participar da festa junina em Caruaru, Pernambuco. A publicação sofreu edição com a introdução de um áudio com gritos de “ladrão”. No conteúdo original, o ex-presidente é aplaudido durante um ato político de um aliado em Uberlândia, Minas Gerais. No post, é tocado um jingle de pré-campanha eleitoral

Projeto Comprova