Ratinho ainda não sabe se vai com Bolsonaro à Paulista

Ex-presidente fará ato em São Paulo depois de preparativos para um golpe terem sido revelados

Em viagem internacional no momento, o governador do Paraná, Ratinho Jr. (PSD) diz que não sabe ainda se estará ao lado do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) na Avenida Paulista no próximo domingo, dia 25.

Bolsonaro convocou seus fiéis seguidores para um protesto na capital de São Paulo depois de virem à tona gravações e documentos revelando a tentativa de seu governo de dar um Golpe de Estado.

Nesta quinta-feira (22), Bolsonaro deve comparecer à Polícia Federal para depor sobre o assunto. Existe um receio da parte de seus seguidores que o ex-presidente acabe preso caso se exalte e diga algo para incitar seus correligionários no domingo.

Ratinho, que fez campanha pesada pela reeleição de Jair Bolsonaro e sonha em ser seu sucessor como representante da extrema-direita na política nacional, teria a ganhar indo ao evento, para se aproximar da multidão, que certamente será grande.

Por outro lado, apostar numa proximidade com Bolsonaro num momento como esse pode ser extremamente prejudicial para alguém que não queira parecer golpista.

Sobre o/a autor/a

Compartilhe:

Leia também

O (des)encontro com Têmis

Têmis gostaria de ir ao encontro de Maria, uma jovem vítima de violência doméstica, mas o Brasil foi o grande responsável pelo desencontro

Leia mais »

Melhor jornal de Curitiba

Assine e apoie

Assinantes recebem nossa newsletter exclusiva

Rolar para cima