6 abr 2022 - 14h18

Deputado bolsonarista ameaça mandar “turma de Lula” para o inferno

Coronel Lee fez discurso na manhã desta quarta na tribuna da Assembleia Legislativa do Paraná

O deputado Coronel Lee (DC) fez nesta quarta-feira (6) aquele que talvez seja o discurso mais chocante da história recente da Assembleia Legislativa do Paraná. Em pouco mais de um minuto, o deputado estadual fez uma ameaça de morte contra o ex-presidente Lula (PT) e falou sobre um “modus operandi” que teria levado militantes do MST “para o inferno”.

O motivo do discurso foi uma fala de Lula que, em evento com integrantes da CUT, disse que era preciso fazer manifestações diante da casa de congressistas. Segundo ele, fazer manifestações em frente à Câmara e ao Senado não adianta nada, porque dentro do plenário os políticos mal sabem o que acontece do lado de fora.

Ex-comandante do Bope paranaense, Lee falou no seu discurso como se estivesse passando um recado para o Coronel Telhada, deputado por São Paulo com perfil semelhante ao seu. “Nosso modus operandi é o mesmo”, disse ele. “A última vez que esse bando do MST e da esquerda vieram nos visitar e querer conversar com a gente no meio do mato foram parar no inferno”, disse o deputado.

Em seguida, continuou: “Então, Lula, mande a sua turma toda falar com a gente de novo. Aí vocês vão visitar seus amigos que estão lá”. Eleito para o primeiro mandato em 2018 na onda bolsonarista, Lee foi comandante da PM em Cascavel, além do Bope.

O discurso obviamente causou reações do PT e de deputados indignados com a ameaça, que disseram que vão levar o coronel ao Conselho de Ética da Assembleia.

Este texto é de responsabilidade do autor/da autora e não reflete necessariamente a opinião do Plural.

Assuntos:

11 comentários sobre “Deputado bolsonarista ameaça mandar “turma de Lula” para o inferno

  1. Conselho de ética? Ele confessou que matou pessoas! Isso tem que ser levado à justiça. Preso e não apenas perder mandato. Fina flor da nossa polícia , assassino comandando policiais!. Cd o MP, cd oposição?

  2. Meu Deus …
    Que coisa horripilante
    E necessário providências urgente
    Espero que não fique só numa nota de repúdio, que o PT tome as devidas providências

  3. Galindo…não seria o GENERAL LEE da guerra civil americana???
    Pobre povo paranaense….suas linhas de frente representado por um espelho de seu presidente…”O Mito”!!!!

  4. O parlamentar é assassino confesso !!! Nas suas palavras! Impunidade? Não consigo entender imunidade parlamentar para quem “confessa publicamente” “ter mandado gente para o inferno!” (suas palavras). É preciso e se faz URGENTE que as autoridades competentes do Estado tomem uma posição urgente! Ou não existe Justiça nesse país ! ???

  5. Se fala que o deputado matou gente , que deve ser preso .
    Alguém já teve a preocupação ou interesse em busca as informações precisas e reais , em quais condições ocorreu tal fato .
    Acredito que não, então Sras e Srs . antes de arremessarmos pedras ou melhor críticas sugiro buscarmos e obtermos informações reais .
    Após os informações colhidas e analisadas aí façamos e tenhamos juízo de valores

  6. Isso é o resticio dos viúvos da infame ditadura civil, empresarial e militar que tivemos. Esses vermes querem reproduzir os porões, as milícias, os grupos de extermínio. Temos que dar um BASTA nisso. Lugar de assassino, corrupto, MILICIANO é na cadeia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os comentários feitos em textos do Plural são moderados por pessoas, não robôs, e não são publicados imediatamente. Não publicamos comentários grosseiros, agressões, ofensas, acusações sem provas nem aqueles que promovem tratamentos sem comprovação científica.

Últimas Notícias

Radiocaos Sueto

Radiocaos Sueto Neste episódio os textos e ideias ao léu de Andressa Nuss, Jorge Luis Borges, Ronaldo Conde Aguiar, Marcelo Sandmann, Carlos Careqa, Amarildo Anzolin, Salvatore Quasimodo, Wally Salomão, Carlos Drummond de Andrade, Ivan Justen Santana, Tom Waits, Livia Lakomy, Maria Luiza Lago, Marilia Kubota, Mauricio Pereira, William Shakespeare com Miguel Falabella, Julia Graciela, Jean Garfunkel, Roberto Prado, Alice Ruiz, Reynaldo Jardim, Luci Collin, entre outros incansáveis das letras.

Redação Plural.jor.br