Câmara de Curitiba impõe grave derrota a Lula

Vereadores curitibanos, tendo resolvido as questões urbanas, decidem usar seu tempo para interferir em questões internacionais

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve ter recebido com grande preocupação a notícia de que a Câmara Municipal de Curitiba aprovou, na manhã desta segunda-feira (26), uma moção de repúdio a uma fala sua. Possivelmente esse tenha sido o mais grave revés para o presidente nos últimos tempos.

A fala de Lula repudiada pelos vereadores foi aquela que comparou o massacre dos palestinos na Faixa de Gaza ao Holocausto promovido por Hitler na Segunda Guerra Mundial.

A decisão dos nobres edis foi tomada depois de duas sessões de intensa discussão. Afinal, os problemas da cidade estão praticamente resolvidos, e o que se espera da Câmara, de fato, é a interferência em graves problemas diplomáticos mundiais, onde o peso das moções de repúdio aprovadas em Curitiba é incontestável.

Para registro: houve apenas dois votos contrários à moção, dados por Professora Josete e Giórgia Prates, ambas do PT.

Sobre o/a autor/a

Compartilhe:

Leia também

O (des)encontro com Têmis

Têmis gostaria de ir ao encontro de Maria, uma jovem vítima de violência doméstica, mas o Brasil foi o grande responsável pelo desencontro

Leia mais »

Melhor jornal de Curitiba

Assine e apoie

Assinantes recebem nossa newsletter exclusiva

Rolar para cima