RMC e Litoral têm 22 mil casos ativos de Covid-19 e UTIs lotadas | Jornal Plural
25 nov 2020 - 21h01

RMC e Litoral têm 22 mil casos ativos de Covid-19 e UTIs lotadas

Região tem 3 milhões de habitantes e apenas 44 leitos vagos para terapia intensiva

O panorama da situação de Covid-19 em Curitiba, Região Metropolitana e cidades litorâneas é ainda mais grave que só na Capital. Dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) apontam que há 22.096 casos ativos na Região e os leitos de UTI e clínicos estão perto do limite. Esse total é quase o dobro dos 12 mil casos ativos em Curitiba. Estes são de pessoas que ainda estão transmitindo a doença. Na Região, a taxa de ocupação nas UTIs é de 90,78%. Em algumas cidades, como São José dos Pinhais e Campina Grande do Sul, os hospitais já estão com 100% de sua capacidade ocupada.

O aumento de casos nas cidades do entorno de Curitiba aumentam a pressão sobre a Capital, uma vez que 30% dos atendimentos médicos são de moradores de outros municípios.

Curitiba detém dois terços dos leitos de UTI Covid-19 SUS da Região. O restante está concentrado principalmente no Hospital do Rocio, em Campo Largo, com 125 leitos de cuidado intensivo (88% ocupados). A Capital está com 93% de ocupação dos leitos de UTI. Na Região 433 (90,78%) dos 477 de UTI Covid e 433 (70,75%) dos 612 leitos clínicos estão ocupados.

Na última sexta-feira (20), o prefeito de Curitiba, Rafael Greca (DEM), disse que iria pedir a seus colegas da RMC que aumentassem o número de leitos disponíveis e tomassem medidas para conter o avanço da doença. Greca porém evitou de determinar novas medidas de distanciamento social.

Um dos locais com situação mais grave é Paranaguá, que tem o maior hospital do litoral, o Hospital Regional. Lá, existem 14 leitos de UTI de uso comum, 10 dos quais estão ocupados, e 20 leitos de UTI Covid-19 – dos quais 19 já estão em uso. Cerca de 300 mil pessoas residem na Região.

Em São José dos Pinhais e Campina Grande do Sul, os leitos de UTI de uso comum estão 100% ocupados. Já em Campo Largo, além do Hospital do Rocio, que está com 88% de suas UTIs Covid-19 e 100% de seus 48 leitos de UTI de uso comum ocupados, os 8 leitos de UTI Covid-19 do Hospital São Lucas também estão totalmente em uso. Já o Hospital do Centro, também em Campo Largo, tem todas suas 45 UTIs de uso geral ocupadas.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias