Na madrugada viagem de Uber em Curitiba pode custar 40% a mais | Plural
1 dez 2019 - 21h28

Na madrugada viagem de Uber em Curitiba pode custar 40% a mais

Tempo de aplicação de tarifa dinâmica é maior na madrugada

Precisa de uma carona no meio da madrugada? O Plural registrou a aplicação de tarifa dinâmica no Centro de Curitiba durante 30 dias no aplicativo Uber. Os resultados mostram que entre 3 e 5 da manhã o preço da tarifa pode ser acrescentado de um custo extra de 20 a 40%.

Isso significa que numa viagem que 6,5 quilômetros que normalmente custaria cerca de 14, segundo a calculadora de tarifas da própria Uber, pode passar a custar R$ 16,40 a 19,60.

Não é o maior fator de multiplicação observado nos dados obtidos pelo Plural – que foi de 2,3. Mas a aplicação de tarifa dinâmica nesse período costumam durar, em média, 2 horas e 20 minutos. O que significa que a demanda na região existe, mas os motoristas do aplicativo demoram para se deslocar para o local.

Isso também dificulta a chance do usuário escapar da tarifa dinâmica.

A aplicação de tarifa dinâmica nas madrugadas curitibanas é mais comum nos sábados e domingos e segundas-feiras. Nas segundas, o fator de multiplicação costuma aparecer mais tarde, por volta das 6 horas. Em média, o valor é multiplicado por 1,2, mas pode chegar a 1,5 nesse horário e dia.

O que é tarifa dinâmica da Uber?

Segundo a Uber, a tarifa dinâmica existe para garantir que os motoristas parceiros se desloquem para as regiões com maior demanda. Como o preço pago sofre aumento graças a aplicação do fator de multiplicação, os motoristas seriam estimulados a perseguir as regiões em que ele está ativo.

A tarifa dinâmica é aplicada sempre que o número de usuários solicitando viagens é superior ao de carros disponíveis na região. Com isso, quando os veículos se dirigem ao perímetro de aplicação do fator de aumento, a tendência é que ele diminua até voltar para o preço normal. Ou seja, o equilíbrio entre demanda e carros está reestabelecido.

Outra razão para o uso do multiplicador é que os motoristas não são funcionários da Uber e não podem ter sua rotina determinada pela empresa. Mas certamente querem receber mais pelas mesmas viagens. Nos Estados Unidos, o atendimento a determinadas regiões e horários é estimulado através de promoções e pagamentos de bônus por corridas consecutivas e atendimentos em horários pré-definidos.

Procurada, a Uber não informou como essa política funciona no Brasil.

Ei, você! O Plural pretende sempre oferecer conteúdo gratuito e de qualidade. Mas isso só é possível se a gente tiver apoio de quem gosta do projeto. Olha só: você entra na nossa lojinha, faz uma assinatura de R$ 15 e ganha um jornal para a cidade. Tá barato, hein?

Assuntos:

Últimas Notícias