Erramos: número de mortes em Curitiba aumenta em 30% | Jornal Plural
27 abr 2020 - 10h43

Erramos: número de mortes em Curitiba aumenta em 30%

No atual ritmo, o mês de abril deve acabar com 300 mortes a mais do que o previsto

Falecimentos em Curitiba aumentaram em Abril. Foto: Daniel Castellano/SMCS

O Plural errou na análise dos dados coletados pelas advogadas Valéria Kotacho Lopes e Carolina de Castro Wanderley. O levantamento considerava as Fichas de Acompanhamento de Funeral (FAF) emitidas em Curitiba de 1 a 24 de abril.

Em tese, os documentos registrariam os óbitos ocorridos em Curitiba, tanto de residentes quanto de não residentes na cidade. Para descontar o impacto de não residentes, nos números, a análise levou em consideração, na comparação, os números de registros de óbitos em Curitiba de residentes e não residentes.

No entanto, porque muitas cidades no entorno não possuem serviço do Instituto Médico Legal, mortes ocorridas em outras cidades e de residentes de outras cidades acabam registradas aqui. É isso que explica a divergência entre a média nos registros de óbitos no registro civil e os registros de óbitos no serviço funerário.

Atualização em 29 de abril, 14:55: removemos os arquivos de óbitos do ar por solicitação da Secretaria de Meio Ambiente, muito embora eles sejam públicos. Quem quiser acesso a eles, favor enviar um pedido para [email protected].

Ei, você! O Plural pretende sempre oferecer conteúdo gratuito e de qualidade. Mas isso só é possível se a gente tiver apoio de quem gosta do projeto. Olha só: você clica aqui, faz uma assinatura de R$ 15 e ganha um jornal para a cidade. Tá barato, hein?

Um comentário sobre “Erramos: número de mortes em Curitiba aumenta em 30%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assuntos:

Últimas Notícias