Prefeitura não revela detalhes de vacinação de funcionários da Unimed - Jornal Plural
5 jun 2021 - 9h37

Prefeitura não revela detalhes de vacinação de funcionários da Unimed à vereadora

Prefeitura alegou que dados sobre a vacinação de funcionários da Unimed estão protegidos por lei

A prefeitura de Curitiba se negou a enviar detalhes da vacinação de funcionários da Unimed à vereadora Flávia Francischini (PSL). No dia 17 de maio, Flávia encaminhou requerimento à Secretaria de Saúde questionando quais colaboradores da cooperativa médica foram vacinados, se eles de fato integravam categorias priorizadas e quais funcionários ainda seriam vacinados. 

Na resposta à vereadora, a prefeitura afirmou que o direito fundamental à intimidade e a Lei Geral de Proteção de Dados impedem a divulgação das informações solicitadas. 

Sob essa justificativa, a prefeitura forneceu apenas informações genéricas à parlamentar, relacionando normas e entendimentos que justificariam a vacinação de funcionários da Unimed, mesmo os de função administrativa. No entendimento da prefeitura, o Plano Nacional de Operacionalização de Vacinação contra a Covid-19 tem uma definição “ampla e claramente não delimitada a profissionais de saúde”. “A abordagem de trabalhadores de saúde transcende seu escopo para profissionais de saúde e trabalhadores de apoio aos serviços de saúde”. 

A vereadora criticou a resposta evasiva da prefeitura. 

“As perguntas não foram respondidas. De jeito nenhum. A gente tem que saber se as vacinas estão sendo usadas dentro dos critérios estabelecidos. É um absurdo convocar para vacinar funcionários a partir de 18 anos, sem comorbidades, pessoas que não têm contato com o público, que fazem funções administrativas”, disse Flávia Francischini.

Segundo a vereadora, as respostas genéricas têm sido um hábito da prefeitura, o  que tem feito alguns vereadores de oposição cogitarem a apresentação de um requerimeto de convocação da Secretária de Saúde, Márcia Huçulak.

Vacinação de funcionários da Unimed

A informação de que colaboradores da Unimed estariam “furando a fila” da vacinação foi revelada pelo Plural no começo de maio. À época, na mesma linha do que disse à vereadora, a prefeitura informou que os funcionários da Unimed estão no plano de vacinação municipal como “Trabalhadores de Saúde que atuam em Serviços de Saúde”.

Veja a íntegra da resposta

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Assuntos:

Um comentário sobre “Prefeitura não revela detalhes de vacinação de funcionários da Unimed à vereadora

  1. Tudo bem vacinarem funcionários da área de saúde (laboratórios, hospitais privados, home care, etc), mas aí teria que ser todos, não só da Unimed né? Mais algum plano teve essa benesse?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias