Prefeito e primeira-dama de Araucária estão com coronavírus | Jornal Plural
Clube Kotter
23 jun 2020 - 17h30

Prefeito e primeira-dama de Araucária estão com coronavírus

Hissam Dehaini foi diagnosticado com Covid-19 mas passa bem. Ele e a esposa estão assintomáticos, em isolamento domiciliar

A Prefeitura de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), confirmou que o prefeito Hissam Hussein Dehaini (PPS) e a primeira-dama, Aline Dehaini, testaram positivo para o coronavírus. Hissam é o primeiro chefe de Executivo da RMC, infectado pela doença.

Até o momento, o prefeito havia testado negativo em todos os exames que fez, mas isso mudou quando a sua esposa contraiu a Covid-19. De acordo com a Prefeitura, o casal está sem sintomas, em isolamento domiciliar. Os dois devem cumprir as orientações da Secretária Municipal de Saúde.

A Prefeitura continua pedindo para que os moradores de Araucária tomem todos os cuidados para evitar o avanço do coronavírus. Entre eles estão o uso de máscaras, manter os ambientes arejados, evitar aglomerações e permanecer em casa.

O diagnóstico de Hissam veio no mesmo dia em que a Prefeitura assinou um decreto para endurecer as medidas de combate ao vírus. A lei começou a valer nesta terça-feira (23) e segue os moldes do decreto assinado pelo governador Ratinho Jr (PSD) na semana passada.

Funcionamento das atividades

O comércio de todos os 29 municípios da RMC deve funcionar das 10h às 16h, de segunda a sexta-feira; academias podem abrir das 10h às 18h nos dias de semana; restaurantes podem atender todos os dias das 10h às 21h; lanchonetes devem fechar aos fins de semana, mas podem funcionar das 10h às 18h nos outros dias.

Além disso, mercados estão abertos de segunda a sábado, das 10h às 21h, sendo proibida a entrada de crianças menores de 12 anos. Postos de combustíveis podem abrir em qualquer horário, desde que não vendam bebidas alcoólicas depois das 21h. Igrejas e templos religiosos fecham nos fins de semana, mas podem atender de maneira individualizada de segunda a sexta-feira.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias