Deltan adere a Eduardo Pimentel, que segue passos de Greca na eliminação de adversários

Ex-deputado diz que decidiu apoiar candidato de Ratinho após assinatura de carta com 17 compromissos

Num movimento já esperado, o ex-deputado federal Deltan Dallagnol (Novo) anunciou nesta terça-feira (21) apoio a Eduardo Pimentel (PSD) na disputa pela Prefeitura de Curitiba em outubro. Deltan desistiu da pré-candidatura neste mês, depois de uma reunião com o atual prefeito, Rafael Greca (PSD), e com o governador Ratinho Jr. (PSD), ambos apoiadores de Eduardo Pimentel.

A adesão de Deltan mostra que a campanha de Eduardo Pimentel está seguindo a mesma estratégia usada por Greca na campanha de reeleição em 2020: tirar do páreo todos os possíveis candidatos que disputam o mesmo eleitorado de centro-direita e direita.

Em 2020, os operadores de Greca foram particularmente eficientes nessa tarefa. Ratinho forçou o então correligionário Ney Leprevost (hoje no União) a desistir da eleição; e nas semanas anteriores às convenções, as demais candidaturas vistas como concorrentes diretas foram caindo em série, como dominós: Luizão Goulart (Solidariedade) e Luciano Ducci (PSB), hoje novamente candidatos, foram dois outros que desistiram e anunciaram adesão a Greca.

O resultado do extermínio em série de candidaturas, somado à desistência de Gustavo Fruet (PDT), que alegou falta de recursos, foi uma reeleição fácil, em que o distante segundo lugar ficou com o deputado estadual Goura (PDT).

Os demais candidatos que podem trazer dificuldades para Eduardo Pimentel também estariam sendo procurados pelo grupo de Ratinho para conversas. Caso especialmente do deputado Ney Leprevost, que em 2016 chegou ao segundo turno contra Greca e que dessa vez jura que não irá desistir da eleição.

Vídeo

No vídeo publicado nas redes sociais em que anuncia o apoio a Eduardo Pimentel, Deltan aparece no Jardim Botânico dizendo que considera o vice-prefeito sério e preparado. Em seguida, diz que só decidiu apoiar o candidato por ele ter aceitado assinar uma carta com 17 compromissos, como a promessa de jamais nomear réus da Lava Jato em um possível mandato como prefeito.

Deltan hoje é o principal nome do Novo no Paraná, e acabou levando o partido junto para a campanha de Eduardo. Hoje, o Novo tem duas vereadoras em Curitiba, Indiana Barbosa e Amália Tortato, ambas candidatas à reeleição. O partido tem pretensão de aumentar a bancada, mas sem um candidato a prefeito, a tendência é que isso não aconteça.

Sobre o/a autor/a

Compartilhe:

Leia também

Melhor jornal de Curitiba

Assine e apoie

Assinantes recebem nossa newsletter exclusiva

Rolar para cima