fbpx
destaque Poder

Ratinho usa Cohapar como cabide de empregos

Luís e Akemi Nishimori.
Escrito por Rogerio Galindo
Compartilhe

Mulher de deputado e filho de secretário são nomeados para diretoria

Compartilhe

O governo Ratinho Jr. (PSD) usou a Cohapar como um cabide de indicações políticas. Pelo menos três dos diretores da companhia responsável pela habitação popular no Paraná são parentes de políticos ou heranças do governo anterior.

Decreto publicado na edição desta quinta-feira (14) do Diário Oficial anuncia os nomes que comporão a diretoria da Cohapar. Entre eles estão:

  • Fábio Ortigara, na parte de Obras
  • Elizabeth Akemi Nishimori, nas Relações Institucionais;
  • Anselmo Meyer, na Regularização Fundiária

Fábio é filho de Norberto Ortigara, secretário de Agricultura de Beto Richa (PSDB) e de Ratinho. Akemi é esposa do deputado federal Luiz Nishimori (PR), e chegou a ser cotada para a vice do atual governador.

Anselmo, faça-se justiça, não é parente de político. Foi porta-voz de Beto por oito anos. No caso dele, a estranheza está mais no fato de um jornalista ser indicado para cuidar de regularização fundiária.

Sobre o autor

Rogerio Galindo

Rogerio W. Galindo é jornalista e tradutor. Responsável pelo blog Caixa Zero, é um dos profissionais que criaram o Plural.jor.br

Deixe seu comentário