fbpx
OR
destaque Poder

Ratinho defende Reforma da Previdência e elogia ministério de Bolsonaro

Escrito por Rogerio Galindo
Compartilhe

Em entrevista ao UOL, governador do Paraná diz que gabinete de presidente é formado por bons gestores

Compartilhe

O governador Ratinho Jr. (PSD) deu uma entrevista ao UOL defendendo enfaticamente a Reforma da Previdência e elogiando a equipe de governo de Jair Bolsonaro (PSL). Segundo ele, a reforma é uma necessidade para que o país não quebre e é “normal” que haja demissões e ajustes no início de uma gestão.

“Nós temos que ter um encontro com a verdade: se não fizer a reforma da Previdência, todo mundo quebra. Não é governo, não é o setor privado. Todo mundo vai se afogar junto”, disse o governador, afirmando que é necessário sobretudo cortar “privilégios”.

Sobre o governo Bolsonaro, disse que é muito difícil analisar com apenas cem dias, mas elogiou o ministério. “Ainda está muito cedo. Analisar um governo em cem dias é ser muito rigoroso. Ele tem uma boa equipe. Alguns ministros estão mais habituados com o cargo, outros menos, mas são bons gestores e têm bons projetos”, afirmou.

Sobre o Paraná, Ratinho falou que uma das principais metas é a infraestrutura. E destacou o projeto gigantesco de uma ferrovia transcontinental ligando Paranaguá ao Chile, que serviria como uma espécie de alternativa para o Canal do Panamá.

“Primeiro, tenho que ver se todos querem”, afirmou. “Depois, veremos quem paga o projeto. Aí vamos ver quem vai fazer. Acho que se a gente vencer a parte política, aí a Itaipu pode vir como uma parceira para financiar o projeto. Depois, fazemos uma concessão de 40 anos ou 50 anos. Gente para investir tem”, disse.

Quem quiser ler a entrevista completa clica aqui.

Sobre o autor

Rogerio Galindo

Rogerio W. Galindo é jornalista e tradutor. Responsável pelo blog Caixa Zero, é um dos profissionais que criaram o Plural.jor.br

Deixe seu comentário