Curitiba na quarentena: um drone fotografa o silêncio | Plural
9 abr 2020 - 16h51

Curitiba na quarentena: um drone fotografa o silêncio

Fotos aéreas mostram a cidade vazia durante o isolamento social

Uma metrópole de quase dois milhões de habitantes – vazia. As fotos abaixo mostram como o Centro de Curitiba ficou nas primeiras semanas de quarentena impostas pelo coronavírus.

As fotos foram feitas entre 16 e 31 de março, em dias de semana, todas na região central, sempre no final da tarde, horário de maior movimento de carros e pedestres nas ruas em dias normais. Todas foram feitas com um drone (inclusive duas do nível do solo, antes de ele decolar).

Já no primeiro dia, ficou nítida a redução dos ruídos urbanos, ou seja, passamos a ouvir o silêncio. Além disso, a ausência de pedestres permite enxergar todos os detalhes do cenário urbano, como os desenhos nos petit-pavé nos calçadões e praças.

Como diria o poeta Manoel de Barros: “Difícil fotografar o silêncio. Entretanto, tentei”.

Calçadão da Rua XV. Foto: Guilherme Pupo
Rua XV. Foto: Guilherme Pupo
Largo do Rosário. Foto: Guilherme Pupo
Largo da Ordem. Foto: Guilherme Pupo
Catedral de Curitiba. Foto: Guilherme Pupo
Catedral. Foto: Guilherme Pupo
Memorial árabe. Foto: Guilherme Pupo
Passeio Público. Foto: Guilherme Pupo
Praça Tiradentes. Foto: Guilherme Pupo
Largo do Rosário. Foto: Guilherme Pupo
Rua XV. Foto: Guilherme Pupo
Praça Santos Andrade. Foto: Guilherme Pupo
Ei, você! O Plural pretende sempre oferecer conteúdo gratuito e de qualidade. Mas isso só é possível se a gente tiver apoio de quem gosta do projeto. Olha só: você clica aqui, faz uma assinatura de R$ 15 e ganha um jornal para a cidade. Tá barato, hein?

Últimas Notícias