Com dívida milionária, colégio Expoente muda de mãos | Plural
20 ago 2019 - 22h47

Com dívida milionária, colégio Expoente muda de mãos

Em recuperação judicial desde 2010, o grupo tem dívidas de R$ 32 milhões

O Grupo Expoente, empresa que mantém dois colégios em Curitiba que atendem da Educação Infantil ao Ensino Médio, está em processo de mudança de gestão. O anúncio foi feito neste dia 20 de agosto, em comunicado enviado aos pais. Sem apresentar detalhes, a empresa informou que “os atuais sócios estão abrindo mão da gestão dos negócios do Grupo Expoente”.

Em recuperação judicial desde 2010, o grupo tem dívidas de R$ 32 milhões e estava em processo de execução do plano de saneamento. Este ano, que é o décimo no plano, o saldo da dívida com os credores deveria estar em R$ 25 milhões.

Durante todo o dia o boato entre pais e ex-alunos era de que a empresa havia decretado falência. A movimentação do processo de recuperação fiscal na 2.ª Vara de Falências de Curitiba, no entanto, não registra nada nesse sentido.

Na mensagem aos pais de alunos, a empresa informa que foram “esgotadas todas as alternativas possíveis e imagináveis”. Entre os alunos das escolas do grupo e as atendidas pelo sistema de ensino Expoente, a empresa é responsável por cerca de 200 mil estudantes. No texto, o grupo diz que a transição “em nada afetará a rotina do dia a dia dos alunos, visto que os professores, diretores, coordenadores e funcionários serão os mesmos”.

Em março desse ano a 2.ª Vara de Falências e Recuperação Judicial da Justiça do Paraná autorizou a empresa a contrair um empréstimo “para que estas se mantenham competitivas no mercado da educação, especialmente no tocante à venda de material didático, cujo faturamento estimado para o ano em curso, representa 80%, conforme cálculos apresentados”.

Assuntos:

Últimas Notícias