Balanço do Paraná omite 51 mil casos e 186 mortes por covid-19 em Curitiba | Jornal Plural
14 dez 2020 - 14h21

Balanço do Paraná omite 51 mil casos e 186 mortes por covid-19 em Curitiba

Mesmo após terem sido registrados há várias semanas pela prefeitura, dados não são incluídos nos boletins do governo estadual

Mais de 51,4 mil casos de Covid-19 e 186 mortes provocadas pela doença desde o início da pandemia em Curitiba não constam no balanço da Secretaria de Saúde do Paraná (Sesa). Os números correspondem à diferença entre os dados divulgados pelo governo estadual e pela prefeitura.

Até domingo (13), o balanço do governo do Paraná contabilizava 1.771 mortes acumuladas em Curitiba –186 a menos do que o total contabilizado pela prefeitura da capital (1.957 óbitos).

Em relação ao número de casos, a divergência é ainda mais expressiva. Enquanto o governo estadual registra 44.782 casos na capital, a prefeitura já contou mais que o dobro disso: 96.220.

O represamento dos dados da pandemia em Curitiba afeta também os balanços do Ministério da Saúde e do consórcio de veículos de imprensa, que utilizam como fonte as tabelas compiladas pelas secretarias estaduais.

A divergência de informações entre governo e prefeitura ocorre ao menos desde 8 de outubro. O Plural apurou que, desde então, a coluna de novos óbitos em Curitiba aparece zerada em nada menos do que 16 balanços estaduais diferentes, fato que não corresponde à realidade.

Neste último fim de semana, por exemplo, o governo do Paraná registrou a ocorrência de apenas dois óbitos em Curitiba –um no sábado (12) e outro no domingo (13). Já a prefeitura, na soma de ambos os dias, contabilizou 33 mortes.

“Falta uniformização”

Questionada pelo Plural sobre esse represamento de dados, a Secretaria de Saúde do Paraná atribuiu o problema ao fato de Curitiba não utilizar o sistema oficial do Estado, chamado ‘Notifica Covid-19’, o mesmo que seria usado pelos outros 398 municípios paranaenses.

“Há falta de uniformização das informações e programação do sistema municipal de Curitiba para transferência de dados para o sistema oficial do Paraná”, disse a secretaria, em nota. “Isto ocorre desde o início da pandemia”.

De acordo com o órgão estadual, a Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba envia uma planilha diária para o governo, com casos e óbitos ocorridos no município. “Após isso, o grupo técnico do Estado e responsável pela emissão do Informe Estadual, passa a cruzar as informações fornecidas com outros bancos de dados.”

Também em resposta ao Plural, a Prefeitura de Curitiba negou a existência de represamento de dados. De acordo com a prefeitura, os registros de novos casos e mortes são incluídos diariamente nos sistemas nacionais de notificação obrigatória do governo federal.

“O fluxo inicial estabelecido entre Curitiba e a Sesa [Secretaria de Estado da Saúde] prevê que nos casos de pacientes internados, os hospitais realizem a notificação no Sivep [Sistema de Informa Epidemiológica da Gripe – Síndrome Respiratória Aguda Grave] e SIM [Sistema de Informação Sobre Mortalidade] e essas informações migrariam para o Notifica Covid-19”, declarou a prefeitura, em nota.

“O conflito entre os sistemas e fluxos de notificação está sendo discutido em conjunto pelas secretarias a fim de corrigir as divergências. A equipe da epidemiologia está avaliando caso a caso e repassando as informações corrigidas para a Sesa”.

Passados mais de nove meses desde o início da pandemia, declarada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no último dia 11 de março, os órgãos de saúde de Curitiba e do Paraná ainda precisam se entender sobre a contagem de casos e mortes na capital, sob pena de afetar a credibilidade dos números divulgados.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

3 comentários sobre “Balanço do Paraná omite 51 mil casos e 186 mortes por covid-19 em Curitiba

  1. Tenho cobrado o jornal Plural desde o dia 14 de abril de 2020 sobre as diferenças entre o número de casos informados pelo Estado e pela Prefeitura de Curitiba. Retornei diversas vezes para cobrar reportagem investigativa. Informo que não se trata apenas da cidade de Curitiba, mas quase todas as cidades paranaenses apresentam diferenças de casos entre os informados pelas prefeituras e aqueles divulgados pela SESA. Penso que a A Promotoria de Justiça de Proteção à Saúde Pública do Ministério Público (MP) do Paraná deve pedir uma devassa nos dados de todo o Estado do Paraná

    1. Oi Valter, estamos trabalhando para levantar os dados. Infelizmente nossa equipe ainda é pequena e acabamos demorando um pouco para fazer (e fizemos com a ajuda do grande Fernando). Desculpe por isso, mas saiba que estamos trabalhando duro nessa cobertura.
      Rosiane

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias