Assistente social morre de Covid-19 em Curitiba | Jornal Plural
1 dez 2020 - 20h22

Assistente social morre de Covid-19 em Curitiba

Doroti Guaita fazia atendimentos domiciliares e teria contraído o vírus durante o exercício profissional

Entre os 1,7 mil mortos por coronavírus em Curitiba está a assistente social Doroti Regina Guaita que estava internada em situação grave na UTI do Hospital Vitória. A profissional participava do Programa de Atendimento Domiciliar da Prefeitura de Curitiba, com base na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Cajuru. Segundo o Conselho Regional de Serviço Social do Paraná (CRESS-PR), ela contraiu o vírus durante o exercício de seu trabalho e faleceu na manhã desta segunda-feira (30).

Em nota de pesar, o órgão comunica a morte da profissional com tristeza, indignação e consternação. “Muito querida por todos e todas, Doroti atuava no Programa de Atendimento Domiciliar da Prefeitura, com base na UPA Cajuru. Ela se contaminou exercendo sua profissão. Lamentamos profundamente que os e as assistentes sociais ainda estejam atuando em condições que não garantem suas vidas, quase 10 meses depois do início da pandemia”, diz o texto.

De acordo com uma amiga de Doroti, ouvida pelo Plural, ela tinha diabetes e era hipertensa, atendia aproximadamente 400 famílias e já havia pedido afastamento por medo de se contaminar com o novo coronavírus. “A Doroti teve um fim que poderia ter sido evitado”, afirma a colega, que preferiu não se identificar.

O CRESS-PR disponibiliza uma página para que assistentes sociais possam ter acesso a informações e orientações de prevenção, bem como fazer denúncias de irregularidades sobre a pandemia.

Foto: reprodução CRESS

Covid em Curitiba 

A Capital do Paraná registrou hoje 13 óbitos por Covid-19 e 1.302 novos casos da doença. A taxa de ocupação de leitos de UTIs do SUS é de 91%. Há, em Curitiba, 13.253 casos ativos de coronavírus, ou seja, pessoas que estão na fase aguda da doença e podem transmiti-la.

No Paraná, foram registrados  61 óbitos e 5.221 novos casos Covid-19 na últimas 24h. Por causa do aumento do número de contaminados no Estado o governador Ratinho Jr decretou toque de recolher que deve ser cumprido em todas as cidades paranaenses.

Colaborou: Maria Clara Braga

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias