Em busca da Felicidade, com F maiúsculo | Plural
2 abr 2020 - 15h52

Em busca da Felicidade, com F maiúsculo

Universidade Positivo abre 5 mil vagas de curso on-line gratuito sob o título Ciência da Felicidade e Bem-Estar

Eram pouco mais de 11h quando meu celular se acendeu. Havia um novo e-mail na minha caixa de entrada. “Universidade Positivo abre 5 mil vagas gratuitas para curso on-line de Felicidade”. Em tempos de pandemia e de briga por conta de reality show, parecia até algo saído de uma distopia. “Curso on-line de Felicidade”, assim, com F maiúsculo. 

No dicionário, entre os sinônimos para esse substantivo feminino, estão termos como êxito, fortuna, ventura, contentamento, satisfação. São palavras que, em plena quarentena voluntária, dificilmente eu – ou boa parte das pessoas –  aplicaria aos dias atuais. 

Qualquer busca rápida na internet por imagens com a palavra “felicidade” vai resultar em fotografias de pessoas sorrindo e saltando em meio a belas paisagens; grupos sorridentes abraçados e afins. (Particularmente, me intrigam as imagens do imaginário coletivo nas quais os seres humanos nas fotografias estão dirigindo por estradas vazias – claramente, “rumo à felicidade”).

O curso on-line será ministrado por Gustavo Arns. Formado em direito, Arns afirma ter a felicidade como objeto de estudo desde 2013, quando decidiu explorar a psicologia positiva por conta própria. O movimento, criado em 1998, propõem uma nova abordagem dentro da psicologia – focada, justamente, na felicidade.

De lá para cá, Arns se tornou uma espécie de “especialista em felicidade”, e o idealizador do “Congresso Internacional de Felicidade”. Em 2019, a quarta edição do evento contou com palestrantes como a monja Coen, o colunista da “Folha de S.Paulo” Luiz Felipe Pondé e a jornalista Fernanda Gentil.

Na página de inscrição, me deparo com o rosto sorridente de uma mulher – oculto em parte pela coluna azul que traz mais informações sobre o “Ciência da Felicidade e Bem-estar”. Ciência, esse área do conhecimento ligada ao estudo, à análise e à observação. É possível fazer ciência com algo tão abstrato como a felicidade? 

A partir de amanhã, e pelas próximas quatro semanas, acho que vou descobrir.

(*A repórter vai acompanhar as quatro aulas do curso e escrever sobre cada uma delas aqui.)

Serviço
Curso on-line “Ciência da Felicidade e Bem-Estar”, com Gustavo Arns, ofertado pela Universidade Positivo. Dias 03, 09, 16 e 23 de abril, sempre às 20h. Gratuito. Inscrições pelo site.

Ei, você! O Plural pretende sempre oferecer conteúdo gratuito e de qualidade. Mas isso só é possível se a gente tiver apoio de quem gosta do projeto. Olha só: você clica aqui, faz uma assinatura de R$ 15 e ganha um jornal para a cidade. Tá barato, hein?

Assuntos:

Últimas Notícias