fbpx

Vídeo de Justus falando mal de Ratinho deve dar CCJ a Francischini. Assista

Compartilhe

Um vídeo feito durante a campanha deste ano pode ter acabado com as chances de Nelson Justus (DEM) de permanecer como presidente da CCJ da Assembleia Legislativa. Justus deve disputar o cargo contra o delegado Fernando Francischini (PSL) no início do ano legislativo.

No vídeo, Justus aparece em um evento de campanha explicando qual deveria ser a postura de Cida Borghetti (PP) nos debates. Segundo ele, a oponente do governador eleito deveria bater firme em Ratinho. O vídeo pega o discurso pela metade, portanto não se sabe exatamente o contexto em que tudo foi dito.

Ex-presidente da Assembleia, Justus diz no vídeo que seria possível acusar Ratinho Jr. de “mentiroso”. Que Cida teria como mostrar que ele não iria cortar secretarias. Que era preciso falar das “mordomias” que ele teve como secretário de Estado na gestão de Beto Richa (PSDB).

Justus fala até do pai do governador, o apresentador Ratinho. Diz que ele sim é trabalhador (em contraste com o que diz do filho), que é engraçado, mas que teria sido um péssimo político.

O vídeo obviamente queimou pontes entre Justus e Ratinho. E o governo terá enorme influência na escolha do presidente da comissão, considerada a mais importante da Assembleia – todos os projetos passam por lá antes de ir a plenário.

Justus estaria tentando consertar o estrago, segundo pessoas próximas a Ratinho. Mas não há muita dúvida de que, hoje, o favorito de Ratinho é Francischini.


Related Posts

Bem-vindo ao Caixa Zero 2.0

Compartilhe

CompartilheComo eu ia dizendo antes de ser bruscamente interrompido pela direção do jornal em que eu trabalhava até novembro, 2019 vai ser um ano importante para a democracia brasileira.* Com um presidente nitidamente antidemocrático no poder e um país cheio de cicatrizes, a imprensa terá […]

Ratinho vai às pressas ver Bolsonaro e Macri para conseguir obra bilionária

Ratinho vai às pressas ver Bolsonaro e Macri para conseguir obra bilionária

Compartilhe

CompartilheO governador do Paraná Ratinho Jr. (PSD) viajou às pressas para Brasília nesta quarta. Vai almoçar com o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e com Maurício Macri, presidente da Argentina. A ideia do paranaense é negociar uma PPP megalomaníaca.