O Brasil é imperdoável

É cedo para sabermos se Bolsonaro sairá ou não vitorioso do golpe que prepara. Mas já passou da hora de pararmos de confiar nas instituições como se elas bastassem para nos salvar da barbárie. E de pararmos de tratá-lo como uma exceção em nossa história recente

Clóvis Gruner

D de dedo no gatilho

São milhares de milicianos, policiais, guardas municipais, seguranças privados e parte das Forças Armadas armados e dispostos a tudo e o tudo é derrotar – mesmo que não saibam o que é e quem é – o comunismo e os comunistas

Dr. Rosinha