17 dez 2021 - 11h57

Novo Homem-Aranha e indicações do Globo de Ouro são destaques de podcast

Episódio também fala de dois trailers surpreendentes que prometem, bons filmes em 2022

A estreia de “Homem-Aranha Sem Volta pra Casa” é o grande destaque da semana nos cinemas e também no podcast “In Cine Veritas”. O trio de comentaristas do podcast analisa a terceira parte da atual série de filmes com Tom Holland no papel principal e tenta adiantar o máximo possível sem dar spoilers.

Além disso, o trio Marden Machado, Paulo Biscaia Filho e Luiz Gustavo Vilela analisa as indicações de dois dos principais prêmios cinematográficos americanos: o Globo de Ouro e o Critics Choice Awards. Nos dois casos, os favoritos são os mesmos, mas há inclusive uma disputa entre as premiações.

O “In Cine Veritas” é um podcast semanal sobre cinema e streaming. Além de assinar nas principais plataformas, você pode seguir o programa pelo grupo de telegram.

Siga nas seguintes plataformas:

Apple

Spreaker

Spotify

Deezer

Podcast Addict

Podchaser

O Plural é um jornal independente mantido pela contribuição de nossos assinantes. Ajude a manter nosso jornalismo de qualidade. Assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. E passa a fazer parte da comunidade mais bacana de Curitiba.

Um comentário sobre “Novo Homem-Aranha e indicações do Globo de Ouro são destaques de podcast

  1. Plural, cuidado com spoilers! A imagem usada na chamada da notícia é altamente sugestiva do que ocorre no longa. O filme acabou de estrear!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os comentários feitos em textos do Plural são moderados por pessoas, não robôs, e não são publicados imediatamente. Não publicamos comentários grosseiros, agressões, ofensas, acusações sem provas nem aqueles que promovem tratamentos sem comprovação científica.

Últimas Notícias

É falso que PT seja responsável por drone que lançou produtos químicos em Minas Gerais

É falso que drone que lançou produtos químicos em evento de Lula e Alexandre Kalil em Minas Gerais foi contratado pelo Partido dos Trabalhadores (PT). Em vídeo, pastor diz que investigação da Polícia Civil apontou que equipamento pertencia a uma empresa de propaganda e que operador disse à polícia que imagens seriam usadas na propaganda petista. O caso é apurado pelo Ministério Público Federal (MPF), que desmentiu a versão

Projeto Comprova

É de graça


E vai continuar assim. Mas o nosso trabalho só existe porque ele é financiado por você, leitora e leitor, e por parceiros. Ajude o Plural a continuar independente. Apoie e assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

Já é nosso assinante?
Faça seu login com email ou nome de usuário

Não é assinante?  Assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

This will close in 20 seconds