"Vamos monitorar todo esse movimento da sociedade" diz secretária de saúde | Plural
escola-publica-de-qualidade
25 Maio 2020 - 17h34

“Vamos monitorar todo esse movimento da sociedade” diz secretária de saúde

Cidade tem aumento do número de casos suspeitos e graves, mas Secretaria afirma que vai monitorar e fiscalizar abertura do comércio

Em live nesta segunda-feira (25/5), a secretária de saúde de Curitiba, Márcia Huçulak, comentou a medida estadual que permite a abertura de shoppings, academias, templos e igrejas. “O alerta que a gente faz é que vamos monitorar todo esse movimento da sociedade”, disse ao pedir a colaboração de comerciantes, líderes religiosos e da população para que as normas sanitárias de prevenção sejam seguidas.

“Nossas equipes de vigilância sanitária estarão atentas e faremos visitas a esses estabelecimentos”, alertou. Segundo a secretária, o município solicitará o fechamento dos estabelecimentos caso a situação piore. A ideia é que os locais atendam às orientações contidas na resolução sanitária municipal 01/2020.

Entre as medidas estão: uso obrigatório de máscaras; o controle de lotação por metro quadrado; manter o distanciamento de 1,5 metro entre os presentes; demarcação do posicionamento em filas; definição de acesso único para entrada e para saída; fornecer máscaras e álcool gel 70% para todos os funcionários; disponibilizar álcool gel 70% para os clientes; fechamento de áreas de convivência, entre outros medidas. O não cumprimento das medidas estabelecidas na resolução pode ser denunciada pela Central 156 ou 153 da Guarda Municipal.

Números na capital

Segundo a secretária, a situação de Curitiba diante do coronavírus está “sob controle”. Nesta segunda-feira (25/5), a capital registrou 25 novos casos confirmados de Covid-19, e dois novos óbitos. Agora, são 961 notificações da doença e 38 óbitos de residentes na cidade.

Faleceram, neste domingo (24/5) um homem de 46 anos, com histórico de problemas renais; e uma mulher de 70 anos, também com histórico de doenças crônicas. Ambos estavam internados – ela há três semanas, ele há sete dias.

Em dois meses, 282 pacientes precisaram de internamento em razão de complicações da Covid-19. Hoje são 83 internamentos confirmados para a doença, 39 em UTI e dez fazendo uso de respiradores. Em comparação com a semana passada houve um aumento no número de casos graves, e nos pacientes precisando de suporte respiratório.

A cidade também registrou aumento no número de casos suspeitos: são 307 casos sob investigação na cidade – até a semana passada, o número estava estabilizado acima dos 200. 1.978 pacientes tiveram a infecção pelo novo coronavírus descartada como diagnóstico, bem como 248 óbitos por quadros respiratórios tiveram resultado negativo para o vírus. 703 pessoas já se recuperaram da infecção em Curitiba.

No Paraná

O Paraná acumula 3.331 confirmações da doença e 156 mortes por causa da Covid-19. A Secretaria de Estado da Saúde informa o registro de 122 novos casos do novo coronavírus e mais três óbitos. Foram excluídos do boletim desta segunda-feira (25) três casos. Dois deles estavam registrados em duplicidade e um foi transferido para o estado de São Paulo.

As três pessoas que morreram estavam internadas. Dois homens, um residente em Guapirama, de 78 anos, foi a óbito no sábado (23) e o outro, de 67 anos, era morador de Mandaguari e morreu no domingo (24). Uma mulher de 43 anos que residia em Quitandinha faleceu nesta segunda.

218 cidades têm ao menos um caso confirmado de Covid-19. Em 62 municípios há registro de óbitos pela doença. As novas confirmações são nas seguintes cidades: Almirante Tamandaré (1), Anahy (1), Andirá (2), Araucária (3), Bandeirantes (1), Cambé (2), Campina Grande do Sul (8), Campo Bonito (3), Cascavel (22), Colombo (2), Cornélio Procópio (2), Curitiba (13), Fazenda Rio  Grande (2), Figueira (1), Francisco Alves (1), Guaraniaçu (1), Ibiporã (2), Itapejara D’Oeste (1), Leópolis (1), Londrina (28), Medianeira (1), Missal (1), Ortigueira (1), Pinhais (1), Ponta Grossa (3), Quatro  Barras (4), Quedas do Iguaçu (1), Quitandinha (6), Santa Cecília do Pavão (1), Santa Tereza do Oeste (1), São João do Caiuá (1), São José dos Pinhais (1), Sapopema (2) e Uraí (1)

O monitoramento da Secretaria da Saúde registrou também mais quatro confirmações de pessoas que não moram no Paraná. Elas residem em Campos Novos e Concórdia (Santa Catarina), Rio Branco (Acre) e São Luís (Maranhão). Um novo óbito foi registrado nesta segunda-feira (25), de uma mulher de 76 anos, de Jacupiranga (SP), que morreu no dia 22. No total, quatro pessoas não residentes no Paraná foram a óbito em alguma das cidades do estado.

Houve alterações no registro de quatro casos: um, confirmado em 8 de maio, como residente em Curitiba foi transferido para Araucária; outro confirmado em 8 de maio como residente em Araucária foi excluído por duplicidade de notificação; um terceiro caso, confirmado em 9 de maio, como residente em Campo Largo foi excluído por duplicidade de notificação; e um quarto caso, confirmado em 21 de maio, como residente em Quatro Barras foi transferido para Jacupiranga (SP).

Ei, você! O Plural pretende sempre oferecer conteúdo gratuito e de qualidade. Mas isso só é possível se a gente tiver apoio de quem gosta do projeto. Olha só: você clica aqui, faz uma assinatura de R$ 15 e ganha um jornal para a cidade. Tá barato, hein?
0 0 voto
Article Rating
Subscribe
Notificação
guest
0 Comentários
Comentário no texto
Ver todos

Últimas Notícias

0
Adoramos ouvir você, deixe seus comentáriosx
()
x