UFPR sobe dez posições em ranking internacional | Jornal Plural
Clube Kotter
19 jun 2019 - 17h49

UFPR sobe dez posições em ranking internacional

Ensino, pesquisas e proporção de professores doutores contribuíram para aumento

A edição 2019 do Latin America University Rankings , da revista inglesa Times Higher Education (THE), coloca a Universidade Federal do Paraná (UFPR) na 26ª posição entre as instituições de Ensino Superior. O número eleva a UFPR dez posições na comparação com o ano anterior. Com a nota, a universidade – mesmo com cortes de 30% no orçamento – conseguiu manter a posição de melhor instituição paranaense entre as avaliadas pela pesquisa.

No ranking, a UFPR eleva a nota de 59.4 em 2018 para 66.8 em 2019. Os pontos considerados para o aumento estão relacionados principalmente ao ambiente pedagógico, como reputação e proporção de professores doutores. Nesse quesito, a nota da UFPR passou de 68.0 para 84.8.

Outro item que contribuiu para o aumento da nota geral foi a pesquisa, que teve a nota 76.2 elevada para 80.4. Aqui se consideraram o volume, o financiamento e a reputação das pesquisas desenvolvidas.

O conceito que avaliou a transferência de conhecimento entre a instituição e a indústria (“industry income”), diretamente vinculado à inovação, elevou a análise da UFPR de 35,3 para 39. A universidade também evoluiu com relação à internacionalização (“international outlook”), que considerou o apelo da instituição entre estudantes estrangeiros. A nota aqui subiu de 26.0 para 26.4.

“No meio desta tempestade orçamentária e desta grande crise por qual passam as universidades federais, perceber, em apenas um ano, um salto de dez posições num ranking internacional tão prestigiado quanto este, é uma prova da eficiência, criatividade e garra de toda nossa comunidade universitária”, avalia o reitor da UFPR Ricardo Marcelo Fonseca.

A avaliação

A edição 2019 da avaliação envolveu, segundo a publicação, as 150 melhores universidades de 12 países da América Latina e do Caribe. Foram verificados os mesmos indicadores de desempenho do THE World University Rankings, mas com “pesos diferentes para refletir as características das universidades da América Latina”. Estas foram avaliadas nos quesitos: ensino, pesquisa, transferência de conhecimento e perspectiva internacional.

No Latin America University Rankings 2019 seis das dez universidades com maiores notas gerais são do Brasil. Dessas, cinco são universidades públicas: Universidade de São Paulo (USP), Universidade de Campinas (Unicamp), Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e Universidade do Estado de São Paulo (Unesp). A UFPR ficou em 13º lugar entre as universidades públicas avaliadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assuntos:

Últimas Notícias