UFPR faz campanha para doação de computadores e internet a estudantes | Jornal Plural
27 jun 2020 - 10h09

UFPR faz campanha para doação de computadores e internet a estudantes

Serão beneficiados alunos em situação de vulnerabilidade social, sem condições de participar das aulas remotas

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) lançou programa de Inclusão Digital para ajudar estudantes de baixa renda durante o período de ensino remoto. Eles poderão emprestar computadores e receber um auxílio para a contratação de internet. A ação foi planejada depois de um levantamento indicar que muitos estudantes tinham esta necessidade para manter suas atividades acadêmicas durante a pandemia.

A iniciativa envolve uma campanha para doação e empréstimo de computadores pela comunidade acadêmica. A meta é conseguir mais 500 equipamentos. Para participar, escreva para [email protected] ou ligue para o telefone (41) 98402-1131.

A pró-reitoria de Assistência Estudantil, professora Maria Rita de Assis Cesar, destaca o envolvimento de diversas unidades no trabalho e a importância de pensar estas ações antes de implementar a educação remota. Caso contrário, os estudantes poderiam ser prejudicados com acesso precário à internet.

edital de Apoio Pedagógico – Empréstimo de Computadores vai oferecer até 1,5 mil computadores. Para participar é necessário acessar o documento e preencher o formulário do pedido. Há dois formulários, um para estudantes que fazem parte dos programas de assistência estudantil da Prae e outro para aqueles que ainda não participam. O período para o preenchimento dos formulários é de 9 a 24 de junho.

Já o edital de Prestação de Serviços de Conexão à Rede Internet prevê a oferta de até três mil auxílios para a contratação de pacotes de acesso digital. Apenas estudantes já atendidos pelos programas de assistência estudantil poderão acessar o auxílio no valor de R$ 100. Para se inscrever é necessário preencher o formulário indicado no edital. O período para o preenchimento é de 9 a 23 de junho.

Vulnerabilidade Social

Segundo a pró-reitora, “a falta de inclusão digital é um dos elementos que aparecia muito fortemente em todas as falas e em todas as pesquisas que foram feitas pelos centros acadêmicos e coordenações de curso. Com este grupo de trabalho a gente consegue sanar esta questão”. A professora destaca que o programa atenderá estudantes com comprovada situação de vulnerabilidade socioeconômica.

A iniciativa vai criar vários pontos de apoio para a recepção dos equipamentos doados ou emprestados e a Agência de Tecnologia da Informação e Comunicação (Agtic) da UFPR vai trabalhar com a manutenção dos computadores. Os campi avançados também contarão com locais para entrega e manutenção.

Fazem parte do programa ações de suporte às ações de tecnologia educacional remota, na forma de cursos para estudantes sobre o tema. A Superintendência de Inclusão, Políticas Afirmativas e Diversidade (Sipad) vai realizar o acompanhamento de estudantes indígenas, quilombolas, migrantes e refugiados, surdos, pessoas com deficiência e com transtornos globais de desenvolvimento, para garantir que suas necessidades específicas sejam atendidas.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assuntos:

Últimas Notícias