RMC tem 36 mortes por Covid-19 | Jornal Plural
29 abr 2020 - 1h54

RMC tem 36 mortes por Covid-19

Levantamento do Plural aponta número de certidões de óbitos com Covid-19 indicado como causa

Óbitos por causa nos municípios da RMC.

Os 29 municípios que compõem a Região Metropolitana de Curitiba (RMC) já tem registrados 36 óbitos com diagnóstico confirmado ou suspeita de Covid-19. A informação é de um levantamento feito pelo Plural nas certidões de óbito contabilizadas pelo Registro Civil.

O critério de contabilização das certidões é diferente do das Secretarias Municipais de Saúde, que só incluem na totalização casos com resultado positivo para a doença em exame realizado por laboratório conveniado. Outra diferença é que as Secretarias só contabilizam óbitos de residentes da cidade.

A certidão de óbito, por sua vez, é emitida no local da morte. Toda certidão de óbito contém a informação sobre a causa da morte, indicada que o médico que atestou o falecimento.

As mortes por Covid-19 na RMC foram registradas nas cidades de Curitiba, Campo Largo, Piraquara, Quitandinha, São José dos Pinhais e Fazenda Rio Grande.

O levantamento levou em consideração todos os óbitos registrados nas 29 cidades da RMC entre 1 de março e 28 de abril de 2020. Os dados ainda podem sofrer alterações, uma vez que há um prazo de 24 horas para a família fazer o registro do óbito e de cinco dias para o cartório efetuar o registro.

Doenças respiratórias

O levantamento realizado pelo Plural também mostra a divisão de óbitos por causa no período entre 1 de março e 28 de abril de 2020, com destaque para as causas respiratórias: pneumonia, insuficiência respiratória, septicemia e síndrome respiratória aguda grave.

Os dados não mostram um crescimento nos números registrados, exceto no caso da síndrome respiratória aguda grave, que subiu de 5 para 14 casos entre 2019 e 2020. Em Curitiba também houve um ligeiro aumento nesta causa, de 4 para 7 registros.

Ei, você! O Plural pretende sempre oferecer conteúdo gratuito e de qualidade. Mas isso só é possível se a gente tiver apoio de quem gosta do projeto. Olha só: você clica aqui, faz uma assinatura de R$ 15 e ganha um jornal para a cidade. Tá barato, hein?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assuntos:

Últimas Notícias