25 fev 2022 - 16h02

Veja como fica a vacinação contra a Covid em Curitiba na semana

Capital ultrapassou a marca de 4 milhões de doses aplicadas. Veja também o balanço da pandemia no Paraná e no Brasil

Mesmo com o feriado carnaval, a prefeitura de Curitiba não interrompeu a vacinação da população contra a covid-19. Conforme a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), as 11 unidades permanecem abertas das 8h às 17h ao longo da semana para aplicação da primeira e segunda dose, assim como das doses de reforço. 

Além disso, a partir de segunda-feira (28), pessoas com doses pendentes passaram a receber mensagens no aplicativo Saúde Já. O primeiro público a ser notificado será aquele que recebeu a primeira dose da Pfizer e não retornou para as demais aplicações (segunda e reforço).

Confira o calendário de vacinação da semana!

Segunda-feira (28/2)

1ª dose

– Repescagem de crianças de 5 a 11 anos com e sem comorbidades 

– Repescagem de pessoas com 12 anos completos ou mais

2ª dose

– Crianças de 5 a 11 anos vacinadas com 1ª dose de Coronavac até 31/1

– Pessoas com 12 anos ou mais que receberam: 

  • Pfizer: vacinados com 1ª dose até 7/2
  • Coronavac: vacinados com 1ª dose até 31/1
  • Astrazeneca: vacinados com 1ª dose até 28/1;

– Dose de reforço da dose única da Janssen para pessoas com 18 anos ou mais vacinadas até 3/1.

Dose de reforço (3ª dose) 

– Pessoas com 18 anos ou mais vacinadas com a 2ª dose até 29/10 e nascidas no 1º semestre (janeiro a junho)

– Pessoas imunossuprimidas com 12 anos ou mais que receberam a 2ª dose até 3/1

4ª dose (segundo reforço)

– Pessoas imunossuprimidas com 12 anos ou mais que receberam o 1º reforço até 29/10 

Terça-feira (1/3)

1ª dose

– Repescagem de crianças de 5 a 11 anos com e sem comorbidades 

– Repescagem de pessoas com 12 anos completos ou mais

2ª dose

Terça-feira (1/3): Crianças de 5 a 11 anos vacinadas com 1ª dose de Coronavac até 1/2;

– Pessoas com 12 anos ou mais que receberam: 

  • Pfizer: vacinados com 1ª dose até 8/2
  • Coronavac: vacinados com 1ª dose até 1º/2
  • Astrazeneca: repescagem vacinados com 1ª dose até 28/1;

– Dose de reforço da dose única da Janssen para pessoas com 18 anos ou mais vacinadas até 4/1.

Dose de reforço (3ª dose) 

– Pessoas com 18 anos ou mais vacinadas com a 2ª dose até 29/10 e nascidas no 2º semestre (julho a dezembro)

– Pessoas imunossuprimidas com 12 anos ou mais que receberam a 2ª dose até 4/1

4ª dose (segundo reforço)

– Repescagem para pessoas imunossuprimidas com 12 anos ou mais que receberam o 1º reforço até 29/10 

Quarta-feira (2/3)

1ª dose

– Repescagem de crianças de 5 a 11 anos com e sem comorbidades 

– Repescagem de pessoas com 12 anos completos ou mais

2ª dose

– Crianças de 5 a 11 anos vacinadas com 1ª dose de Coronavac até 2/2;

– Pessoas com 12 anos ou mais que receberam: 

  • Pfizer: vacinados com 1ª dose até 9/2
  • Coronavac: vacinados com 1ª dose até 2/2
  • Astrazeneca: vacinados com 1ª dose até 31/1;

– Dose de reforço da dose única da Janssen para pessoas com 18 anos ou mais vacinadas até 5/1.

Dose de reforço (3ª dose) 

– Repescagem de pessoas com 18 anos ou mais vacinados com a segunda dose até 29/10;

– Pessoas imunossuprimidas com 12 anos ou mais que receberam a 2ª Dose até 5/1

4ª dose (segundo reforço)

– Repescagem para pessoas imunossuprimidas com 12 anos ou mais que receberam o 1º reforço até 29/10 

Quinta-feira (3/3)

1ª dose

– Repescagem de crianças de 5 a 11 anos com e sem comorbidades 

– Repescagem de pessoas com 12 anos completos ou mais

2ª dose

– Crianças de 5 a 11 anos vacinadas com 1ª dose de Coronavac até 3/2;

– Pessoas com 12 anos ou mais que receberam: 

  • Pfizer: vacinados com 1ª dose até 10/2
  • Coronavac: vacinados com 1ª dose até 3/2
  • Astrazeneca: vacinados com 1ª dose até 1º/2;

– Dose de reforço da dose única da Janssen para pessoas com 18 anos ou mais vacinadas até 6/1.

Dose de reforço (3ª dose) 

– Pessoas com 18 anos ou mais vacinados com a 2ª dose até 3/11

– Pessoas imunossuprimidas com 12 anos ou mais que receberam a 2ª Dose até 6/1

4ª dose (segundo reforço)

– Pessoas imunossuprimidas com 12 anos ou mais que receberam o 1º reforço até 3/11

Sexta-feira (4/3)

1ª dose

– Repescagem de crianças de 5 a 11 anos com e sem comorbidades 

– Repescagem de pessoas com 12 anos completos ou mais

2ª dose

– Crianças de 5 a 11 anos vacinadas com 1ª dose de Coronavac até 4/2;

– Pessoas com 12 anos ou mais que receberam: 

  • Pfizer: vacinados com 1ª dose até 7/2
  • Coronavac: vacinados com 1ª dose até 4/2
  • Astrazeneca: vacinados com 1ª dose até 2/2;

– Dose de reforço da dose única da Janssen para pessoas com 18 anos ou mais vacinadas até 7/1.

Dose de reforço (3ª dose) 

– Pessoas com 18 anos ou mais vacinadas com a 2ª Dose até dia 4/11

– Pessoas imunossuprimidas com 12 anos ou mais que receberam a 2ª Dose até 7/1

4ª dose (segundo reforço)

– Pessoas imunossuprimidas com 12 anos ou mais que receberam o 1º reforço até 4/11

Locais de vacinação

As 11 unidades que aplicarão a vacina anticovid vão atender das 8h às 17h. Nove desses pontos vão vacinar crianças a partir de 5 anos, adolescentes (12 a 17 anos) e adultos (18 anos completos ou mais). A unidade da Ouvidor Pardinho atenderá somente adolescentes e adultos, enquanto a unidade da Mãe Curitibana aplicará as doses apenas em crianças.

Para conferir os locais, basta acessar o site Imuniza Já Curitiba.

Pandemia em Curitiba

Foto: Ricardo Marajó/SMCS (Arquivo)

Nesta quinta-feira (24), Curitiba ultrapassou a marca de quatro milhões de doses de vacinas contra a covid-19 aplicadas. Desde o início da imunização na capital, em 20 de janeiro de 2021, foram aplicadas ao todo 4.002.837 doses.

Foram vacinadas 1.690.218 moradores com a primeira dose ou a dose única (Janssen), o que corresponde a 86,7% da população, e em relação às pessoas imunizadas, a cobertura chega a 78,2%.

Ao todo, foram aplicadas 1.6 milhões primeiras doses e 1.4 milhões segundas doses; 38 mil doses únicas e 826 mil doses de reforço (3ª e 4ª doses). Até o momento, a SMS vacinou 126 mil adolescentes entre 12 e 17 anos e 97 mil crianças de 5 a 11 anos com a primeira dose.

Casos e mortes

Segundo boletins da SMS, Curitiba registrou nesta quinta 1.022 novos casos e oito mortes pela doença. Atualmente, são 9.644 casos ativos. Ao todo, a capital contabiliza 404.237 casos e 8.089 óbitos desde o início da pandemia.

A taxa de ocupação dos 102 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19 está em 63%. Há 38 leitos livres. Já em relação aos 223 leitos de enfermarias SUS covid-19, restam 129 vagos e a taxa de ocupação está em 42%.

Pandemia no Paraná

Foto: Gilson Abreu/AEN

Segundo dados do Vacinômetro da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), o Paraná aplicou 9.6 milhões primeiras doses, 8.7 milhões segundas doses ou doses únicas e 553 mil doses adicionais. 

Casos e mortes

Nesta quinta, a pasta divulgou mais 9.806 casos confirmados e 36 mortes em decorrência da infecção causada pelo coronavírus. Até o momento, o Paraná soma mais de 2 milhões de casos confirmados e 41.964 óbitos.

São 179 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 internados em leitos SUS (79 em UTI e 100 em leitos de enfermaria) e nenhum em leitos da rede particular. Há outros 954 pacientes internados, 382 em leitos UTI e 572 em enfermaria, que aguardam resultados de exames.

Pandemia no Brasil

Foto: Walterson Rosa/Ministério da Saúde

Desde o início da vacinação no Brasil, foram aplicadas 369 milhões doses do imunizante contra o coronavírus, sendo 167 milhões primeiras doses, 148 milhões segundas doses ou doses únicas e 53 milhões doses de reforço. Em relação ao público infantil, das 20,4 milhões de crianças de 5 a 11 anos, mais de 5 milhões tomaram a primeira dose. Os dados são da plataforma LocalizaSUS.

De acordo com o Ministério da Saúde, a cobertura vacinal contra o Sars-Cov-2 já ultrapassa os 93% dos brasileiros acima de 12 anos com a primeira dose e 87% deste mesmo público com a segunda dose ou dose única.

Casos e mortes

Nesta quinta-feira (24), o Brasil registrou 93.757 novos casos confirmados e 971 mortes em decorrência da covid-19. Ao todo, o país contabiliza um total de 28.578.647 casos e 647.390 óbitos. 

O Plural é um jornal independente mantido pela contribuição de nossos assinantes. Ajude a manter nosso jornalismo de qualidade. Assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. E passa a fazer parte da comunidade mais bacana de Curitiba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os comentários feitos em textos do Plural são moderados por pessoas, não robôs, e não são publicados imediatamente. Não publicamos comentários grosseiros, agressões, ofensas, acusações sem provas nem aqueles que promovem tratamentos sem comprovação científica.

Últimas Notícias

É falso vídeo que tenta ligar filho de Lula a Petrobras e a aumento de combustíveis

Diferentemente do afirmado em vídeo, o preço do barril de petróleo não é manipulado por uma empresa internacional que investe na Petrobras. O preço varia, na verdade, com a oferta e demanda do produto no mundo. Além disso, nenhum filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é sócio de empresa investidora da companhia e o presidente Jair Bolsonaro (PL) não instaurou uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os acionistas da petroleira. O conteúdo é falso

Projeto Comprova

É de graça


E vai continuar assim. Mas o nosso trabalho só existe porque ele é financiado por você, leitora e leitor, e por parceiros. Ajude o Plural a continuar independente. Apoie e assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

Já é nosso assinante?
Faça seu login com email ou nome de usuário

Não é assinante?  Assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

This will close in 20 seconds