PR tem 66,4% de ocupação de UTIs | Jornal Plural
22 abr 2020 - 11h11

PR tem 66,4% de ocupação de UTIs

Percentual considera o total de leitos disponíveis após a abertura de 563 unidades extras

O Paraná registrou no último dia 21 de abril 66,4% de ocupação dos 2373 leitos de UTI disponíveis no SUS do estado. O percentual foi calculado pelo Plural a partir de dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). O Governo do Paraná divulga apenas o percentual de ocupação dos leitos exclusivos para Covid-19.

Na última atualização do boletim de dados da doença no estado, a Sesa informou um índice de ocupação das UTIs exclusivas de 23% dos leitos adultos e 14% dos pediátricos. O dado, no entanto, não informa adequadamente a situação do sistema como um todo.

O índice de ocupação de 66,4% é registrado após o sistema de saúde pública paranaense acrescentar 563 leitos ao total disponível. A Sesa também cancelou cirurgias eletivas, reduzindo a ocupação das unidades. Tudo para aumentar o total de vagas disponíveis para atendimento das vítimas da Covid-19.

Se considerarmos apenas os leitos adulto, que concentram o atendimento da maior parte dos pacientes da doença, o índice de ocupação é de 68%. Nos dois casos fica acima dos 50%, indicado pelo Ministério da Saúde como critério para considerar a flexibilização das medidas de isolamento social.

Desde o início de abril, quando a Sesa passou a divulgar o número de casos confirmados de Covid-19 internados em UTIs e enfermarias, o número de leitos ocupados triplicou. O novo modelo de boletim também permite verificar que além dos 113 pacientes com diagnóstico confirmado para a doença, outros 173 ocupam leitos com suspeita de ter o vírus.

Até o momento, o Paraná testou 9092 pacientes, 11,2% dos quais tiveram resultado positivo para o novo coronavírus.

Ei, você! O Plural pretende sempre oferecer conteúdo gratuito e de qualidade. Mas isso só é possível se a gente tiver apoio de quem gosta do projeto. Olha só: você clica aqui, faz uma assinatura de R$ 15 e ganha um jornal para a cidade. Tá barato, hein?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assuntos:

Últimas Notícias