Plural lança campanha "Use a cabeça" contra os efeitos das fake news - Jornal Plural
9 abr 2021 - 13h55

Plural lança campanha “Use a cabeça” contra os efeitos das fake news

Campanha conscientiza sobre a aferição da temperatura no pulso, uma medida equivocada adotada até em escolas

O Plural começa nesta quarta-feira, dia 7 de abril, uma campanha contra a aferição de temperatura com termômetro infravermelho no pulso. É uma pequena ação para mostrar que uma pequena mentira vira um grande problema de saúde pública durante uma epidemia. A campanha é composta por material informativo, reportagens e material de divulgação que inclui uma camiseta exclusiva criada pelo Plural em parceria com a marca Use Brusinhas.

Quem aí já entrou numa loja, shopping, escola ou supermercado e se viu tendo a temperatura aferida por um termômetro digital infravermelho no pulso? Uma ação que virou rotina nas cidades desde o início da pandemia de coronavírus, a medição no pulso é equivocada, mas virou comum por uma simples razão: fake news. Um boato de que o uso de termômetros infravermelhos na testa provocaria tumores foi a dica para todo tipo de estabelecimento passar a medir a temperatura no pulso. Só tem um problema: não funciona.

A medição de temperatura é das medidas de prevenção de coronavírus porque, teoricamente, deveria evitar que pessoas febris entrassem em espaços com grande circulação de pessoas. A febre é um dos sintomas da Covid-19. Como medir a temperatura no pulso não é preciso, isso afeta a eficácia da medida como um todo.

É só um exemplo do efeito danoso das fake news na conscientização da população. E mais grave ainda: a mentira ganhou proporções tão grandes que até mesmo escolas – que têm obrigação respeitar a ciência – têm medido a temperatura no pulso.

“A missão do Plural é informar porque acreditamos que só assim as pessoas podem realmente ser livres para decidir suas vidas”, explica a coordenadora geral do Plural, Rosiane Correia de Freitas. “A medição da temperatura no pulso pode parecer algo pequeno, mas é um sintoma de algo enorme, a mentira que se tornou arma contra a segurança e a dignidade da população”, completa. Foi por isso, diz, que o jornal decidiu realizar a campanha.

Como ajudar

  1. Você pode baixar as artes da campanha e divulgar em seu site, redes sociais e aplicativos de comunicação sempre acompanhadas do link para esta página.
  2. Pode adquirir a camiseta da campanha. Parte da renda será revertida para a manutenção do Plural e sua missão de informar a população de Curitiba.
  3. Pode cobrar que escolas, empresas e pessoas meçam a temperatura adequadamente.
  4. E pode evitar de compartilhar notícias e informações de qualidade duvidosa, especialmente as que são relacionadas a Covid-19

Material de divulgação

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Assuntos:

3 comentários sobre “Plural lança campanha “Use a cabeça” contra os efeitos das fake news

    1. Infelizmente tem vários médicos negacionista também. São péssimos profissionais que não entendem quase nada de método cientifico e preferem a ideologia politica. Se acham superiores a pesquisadores e outros profissionais da área. Também é notório que alguns deles passaram a faculdade toda na base da cola e da farra e depois ganharam o consultório do papai. Eles estragam a imagem de toda a categoria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias