Perda de olfato e paladar pode persistir após Covid-19 | Jornal Plural
4 ago 2020 - 22h11

Perda de olfato e paladar pode persistir após Covid-19

Mesmo com eliminação do vírus, os dois sentidos podem sumir por meses

Dois dos sintomas característicos da Covid-19 são a perda do olfato e do paladar. Diferente dos outros, eles podem permanecer mesmo após a eliminação do coronavírus. A descoberta é da médica neurologista e professora da Universidade Federal do Paraná (UFPR) Viviane Flumignan Zétola. Mesmo curada da doença, ela está há quatro meses sem sentir cheiro ou sabor.

A experiência da profissional foi publicada na revista internacional Crimson Publishers e aponta que estudos recentes revelam complicações neurológicas em 36% dos pacientes infectados pelo coronavírus. As mais comuns são dysgeusia, a diminuição da capacidade de paladar (5,6%) e a hiposmia, ou baixa sensibilidade olfativa (5,1%).

A maioria dos virus podem causar infecções respiratórias e levar à congestão nasal, coriza e anosmia (perda do olfato) mas por pouco tempo. “Com o coronavirus, o desenvolvimento da anosmia é diferente, pois pode acontecer independente do comprometimento respiratório alto e da congestão nasal.  Não tive nenhum desses sintomas, o que me diz que essa via de entrada para o sistema nervoso pode ocasionar um processo inflamatório comprometendo a via olfatória.”

Para a neurologista, a perda de olfato e paladar foi repentina e total, no quarto dia após o início dos sintomas, que foram febre e tosse. Uma pequena retomada do sabor – especialmente com alimentos condimentados – se deu no 20º dia do início da doença. Mesmo após a cura dos demais sintomas, e exames que demonstram boa resposta imunológica ao coronavírus, Viviane ainda persiste com perda de paladar e olfato. “Apresento recuperação para alguns olfatos e paladares específicos, porém para outros posso dizer que é zero.” 

A perda, segundo Viviane, deve ser considerada uma bandeira vermelha para o diagnóstico diferencial de síndromes respiratórias agudas, sugestivo de coronavírus. “As razões para isso ainda não são claras. Esperamos que mais casos, séries e pesquisas se concentrem em informações prognósticas sobre sintomas e seu valor para o desenvolvimento de doenças específicas no futuro.”

Covid-19 e o sistema nervoso

Recentemente, especialistas da Harvard Medical School, nos Estados Unidos, descobriram que o coronavírus ataca as células que fornecem suporte metabólico e estrutural aos neurônios sensoriais, assim como, certas células-tronco e vasos sanguíneos. O estudo, publicado na revista científica Science Advances, indica que o vírus altera o sentido do olfato nos pacientes, não infectando diretamente os neurônios, mas afetando a função das células de suporte.

O estudo aponta 36% dos pacientes com complicações neurológicas decorrentes da Covid-19, sendo mais frequentes tonturas (16%) e dores de cabeça (13%), especialmente em casos graves. “Temos visto também uma espécie de encefalopatia, um comprometimento do comportamento do encéfalo, que pode causar agitação quando o paciente é desligado do respirador. Essa conduta não é comumente vista em outras doenças que requerem auxílio do ventilador mecânico. Nesses casos, as pessoas precisam ser sedadas novamente e, muitas vezes, retornam ao respirador”.

O relato da médica indica um dos motivos que têm contribuído para a escassez de algumas drogas sedativas e para a permanência prolongada em leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). “Percebemos que a Covid-19 pode afetar tanto o sistema nervoso central como o periférico. Há muitos eventos trombóticos e pró-trombóticos que têm capacidade de ocasionar microtromboses e até Acidente Vascular Cerebral (AVC)”, percebe a neurologista.

Com informações de Jéssica Tokarski – UFPR

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

17 comentários sobre “Perda de olfato e paladar pode persistir após Covid-19

  1. Tive Covid em maio e já fez quatro meses , que não voltou o paladar !
    O olfato , voltou depois de um mês.
    Sinto o que que doce , salgado , amargo , azedo . Mas o sabor , não sinto de jeito nenhum .
    Agora mesmo fui experimentar o leite condensado Moça , só senti o doce do açúcar !
    É horrível !
    Minha idade é 69 anos .
    Já fui ao otorrino , estou tomando remédio e fazendo o teste dos cheiros , mas naaaaaada ainda !😔😔😔

        1. Meu Deus to desesperada porque já sou magra agora quase todo que como tá margo com um gosto horrível, só sinto o doce mais nem gosto de alimentos doce.😔

  2. Eu tive covid 19 a cinco meses e até agora meu paladar não melhorou e meu olfato também, até perfume quando passo não sinto ele só um cheiro ruim q não é dele , até quando vou ficar assim?

    1. Nossa tambem to assim sem sentir o verdadeiro sabor e cheiro das coisas nem passo mais perfumes lois o cheiro e horríveis o gosto tambem ta mt ruim .sera que tem um remédio pra td isto nao tive covit que eu sei nao sri oq seria isto.

  3. BOA NOITE! TIVE COVID A QUASE SEIS MESES. FIQUEI POR TRES MESES SEM OLFATO E PALADAR. QUANDO PENSEI QUE JÁ ESTAVA ME RECUPERANDO TUDO PIOROU. TUDO TEM UM GOSTO HORRÍVEL, NÃO SUPORTO CARNE, CAFÉ, ALHO, CEBOLA E PRODUTOS DE HIGIENE NÃO DÁ PRA AGUENTAR. NÃO TENHO PRAZER EM SAIR PARA LUGAR NENHUM ESTOU ME ISOLANDO POR ISSO. SERÁ QUE NÃO EXISTE UM MEDICAMENTO QUE EU POSSA USAR? PRECISO MUITO DE AJUDA. MUITO OBRIGADA!

  4. Também estou assim sem sentir gosto nem cheiro dos alimentos, ou melhor sinto porém é um gosto e cheiro horrível, um cheiro tão ruim que sinto nausias. será que tem algum tratamento ou remédio pra pelo menos amenizar esses gostos ruins?!

  5. Tb tive covid perdendo apenas o olfato e paladar, sem mais sintomas,o cheiro voltou um pouco,mas o paladar não, apenas amargo ou doce,nenhum sabor.

  6. Eu não tive covid e estou assim a quatro meses e ainda agora fiquei grávida tudo tem cheiro horrível quando sinto eu vômito toda hora não sei mais oque fazer nem come comida da não dá pra fazer nada e o teste deu negativo eu tenho 30anos

    1. Oi Gabriela também estou assim.
      Faz exatamente 4 meses. Hj eu sinto coisas estranhas e meu paladar tbm 😔
      As vezes os exames não são 100% eficaz dependendo da data que vc o realiza.
      Rezo todos os dias para voltar 🙌🙌
      Fui ao médico ele me passou um terapia que é cheirar pó de café l, cravo e entre outros e me receitou um remédio para colocar dentro do nariz.
      Melhoras para você e para todas que estão passando por isso também 🥰

  7. Já faz uma semana amigos, melhorei dos demais sintomas e hoje no sétimo dia sinto um pouco de doce bem leve…e tomei um remédio amargo e senti e quase eu disse “quase” senti pelo olfato… Espero estar melhorando

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias