Na pandemia, grupo on-line gera quase R$ 12 mi de negócios | Jornal Plural
7 abr 2021 - 16h21

Na pandemia, grupo on-line gera quase R$ 12 mi de negócios

Grupo de networking reúne 103 empresários e é o maior do país

Em março a pandemia no Brasil completou um ano e os reflexos sentidos na economia ainda assombram muitos empresários. No Paraná um em cada 10 estabelecimentos comerciais faturou menos em 2020, e para cada empresário que prosperou, outros quatro perderam mais da metade da receita – de acordo com dados da Secretaria de Estado da Fazenda do Paraná.

Em Curitiba, contudo, um grupo de empresários vem se unindo para enfrentar as dificuldades econômicas, usando a inovação e a tecnologia a seu favor. O BNI CWB Elite é o maior grupo de networking do Brasil. Foi fundado em Curitiba há quatro anos e hoje reúne 103 empresários.

Durante os três primeiros anos o grupo se reuniu presencialmente, mas desde o início da pandemia, as reuniões passaram a ser on-line. O objetivo dos empresários é fechar negócios, ampliar suas redes de contato e somar esforços para enfrentar as dificuldades do mercado.

“O BNI surgiu nos Estados Unidos há 36 anos e acabou se expandindo para mais 70 países. A filosofia do BNI é o Givers Gain, muito mais do que gerar negócios para si, o objetivo é que cada empresário compartilhe sua rede de contatos e expertises para oportunizar negócios para outros membros. Quando a pandemia fechou os comércios e proibiu encontros presenciais, imediatamente migramos para o on-line e isso permitiu a sobrevivência de muitos negócios” – Afirmou Rodrigo Gallego, diretor consultor do BNI Elite.

Em 2021 o grupo BNI Elite será comandado pela sua mais jovem presidente, a advogada Letícia Beltrami, de 28 anos. Pelos próximos 6 meses ela vai liderar o grupo que no último ano gerou quase R$ 12 milhões em negócios somente em Curitiba. “Sabemos que o empreendedorismo por muito tempo foi visto como um lugar ocupado apenas pelos homens, especialmente os mais velhos. No BNI Elite a realidade é muito diferente, quase metade do grupo é composto por mulheres. Infelizmente sabemos que esta não é uma realidade que se estende ao Brasil, já que nós, mulheres, ocupamos apenas 16% dos cargos de liderança no país. Estar à frente do grupo é uma honra e um orgulho para mim”, afirmou Leticia Beltrami

Dos 103 empresários que compõem o grupo, 43 ingressaram no formato on-line, o que demonstra a eficácia do networking virtual.

“Neste ano, o BNI Elite foi muito mais do que um grupo de networking. Foi um local onde nós, empresários, encontramos apoio, pudemos trocar ideia e experiências e pensar em novas saídas para as nossas empresas”, afirma Letícia.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias