População de rua faz "banquete" e reivindicações a Greca | Jornal Plural
6 jun 2019 - 12h11

População de rua faz “banquete” e reivindicações a Greca

Um banquete aconteceu, nesta quinta-feira pela manhã, em frente à Prefeitura de Curitiba. Ao contrário dos pratos que o prefeito Rafael Greca costuma saborear, a…

Um banquete aconteceu, nesta quinta-feira pela manhã, em frente à Prefeitura de Curitiba. Ao contrário dos pratos que o prefeito Rafael Greca costuma saborear, a refeição comunitária organizada pelo Movimento Nacional da População de Rua (MNPR) tinha um cardápio simples: pão com queijo e mortadela, café e leite com achocolatado.

Intitulado “Rango Rafael Greca”, o protesto inusitado, e provocativo, tem um propósito sério: cobrar políticas públicas municipais para a população de rua. O movimentou saiu da praça Tiradentes, onde começou a se concentrar por volta das 8h30, e caminhou até o Palácio das Araucárias, local da refeição.

Um cardápio incomum ao prefeito: pão com queijo e mortadela. Foto: Giorgia Prates

“Organizamos o ato por conta da falta de políticas públicas, pelo aumento da violência contra essa população.  Também contra a proposta de legislação do município, que pela manhã retira essas pessoas de viadutos, marquises, praças”, esclarece  o coordenador do MNPR no Paraná, José Monteiro Filho. As pautas em questão são: políticas de moradia, acesso à alimentação adequada, trabalho, segurança pública, e uma pesquisa sobre as pessoas em situação de rua. “A população de rua quer viver”, salienta Monteiro.

Apos o café, o movimento se reúne na prefeitura com o presidente da FAS, Thiago Ferro, representantes da Cohab e da Guarda Municipal. O deputado Goura (PDT) também acompanhou a ação e participa da reunião. “Pedimos aqui, por exemplo o censo do população de rua. É uma estatística necessária para o acompanhamento adequado dessas políticas, para o monitoramento”, salienta Goura. Às 13h, o ato se encerra com um almoço coletivo no local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assuntos:

Últimas Notícias