Ministério não exige pediatra, diz prefeitura | Jornal Plural
26 ago 2019 - 22h47

Ministério não exige pediatra, diz prefeitura

Ministério da Saúde preconiza o atendimento por clínicos ou médicos da família nas Unidades de Saúde e não exige a presença de especialistas.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) respondeu nesta segunda, dia 26, a matéria do Plural que apontou que 32% dos atendimentos de crianças no SUS de Curitiba são feitos por clínicos. Segundo o órgão, a Política Nacional de Atenção Básica (PNAB) do Ministério da Saúde preconiza o atendimento por clínicos ou médicos da família nas Unidades de Saúde e não exige a presença de especialistas.

Em comunicado ao Plural, a Secretaria informou que apesar de não exigir pediatras nas US, em Curitiba existem 122 médicos com essa formação na atenção básica. E que a política data de antes da década de 1990.

A assessoria de imprensa da SMS informou ainda que no atendimento de urgência e emergência também não há exigência de médico pediatra e que as unidades de Curitiba contam com 50 profissionais apesar disso.

A Secretaria defende que a metodologia de trabalho na capital tem bons resultados, como a redução da mortalidade infantil de 9,1/1000 nascidos vivos em 2010 para 8,2/1000 nascidos vivos em 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assuntos:

Últimas Notícias