MEC determina volta à sala de aula nas universidades federais | Jornal Plural
2 dez 2020 - 9h17

MEC determina volta à sala de aula nas universidades federais

Regra vale a partir de 4 de janeiro, a não ser onde legislação local proíba

Uma portaria publicada pelo Ministério da Educação em Diário Oficial nesta quarta (2) determina a volta às aulas presenciais em todas as universidades federais do país. A exceção são as instituições que ficam em locais onde há decretos proibindo a volta.

No Brasil inteiro são 63 instituições federais de ensino que contam hoje com mais de 1,3 milhão de matrículas, tanto em cursos de graduação quanto pós-graduação. A portaria também implica à volta ao local de trabalho de mais de 120 mil professores, além de outros funcionários.

A Portaria 1.030, assinada pelo ministro Milton Ribeiro, determina que as aulas presenciais devem ser a regra a partir de 4 de janeiro, e que as aulas remotas (adotadas pelas universidades desde o começo da pandemia) passarão a ser usadas apenas como ferramenta complementar e excepcional.

Segundo o MEC, as universidades federais deverão se basear no protocolo de biossegurança criado pelo próprio ministério. No caso de estágios e atividades laboratoriais, a excepcionalidade para que não sejam realizadas presencialmente, diz a portaria, depende do que determinou o Conselho Nacional de Educação.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

3 comentários sobre “MEC determina volta à sala de aula nas universidades federais

  1. Cortina de fumaça pra tirar a atenção dos cortes do orçamento que está em discussão no Congresso. Universidade têm autonomia didático-pedagógica e administrativa, de acordo com a Constituição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias