Justiça determina devolução de títulos do Grupo Expoente | Jornal Plural
27 set 2019 - 17h20

Justiça determina devolução de títulos do Grupo Expoente

Contrato de empréstimo previa pagamento de mensalidades diretamente para as empresas de fomento.

A Justiça do Paraná acatou em decisão cautelar, o pedido do administrador da Massa Falida do Grupo Expoente, Maurício de Paula Soares Guimarães para que a Potencial Fomento Mercantil e Quasar Fomento Mercantil suspendam as cobranças e devolvam os títulos da empresa. A decisão libera a receita do pagamento das mensalidades das escolas Expoente para a administração da Massa Falida.

A decisão também determina multa de R$ 10 mil por dia por não cumprimento.

Em ação contra as duas empresas de crédito, o administrador da falência pede a revisão dos contratos de empréstimo entre empresas do grupo e as duas entidades. O contrato previa recompra de títulos em condições, segundo o administrador, pouco favoráveis.

Devido a operação de crédito do grupo junto as duas empresas, as mensalidades cobradas dos pais de alunos estavam sendo pagas diretamente para as duas instituições.

Com a decisão, que tem efeito imediato, a massa falida poderá conseguir quitar valores devidos aos funcionários das duas escolas, cujo funcionamento está mantido até o fim do ano letivo de 2019. Segundo Guimarães, 50% da folha de setembro das escolas está com o pagamento atrasado. A decisão cautelar, no entanto, determina o depósito dos valores em conta judicial até que se julgue o destino dos valores.

Ei, você! O Plural pretende sempre oferecer conteúdo gratuito e de qualidade. Mas isso só é possível se a gente tiver apoio de quem gosta do projeto. Olha só: você entra na nossa lojinha, faz uma assinatura de R$ 15 e ganha um jornal para a cidade. Tá barato, hein?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assuntos:

Últimas Notícias