Isolamento social cai após ‘bandeira amarela’ | Jornal Plural
3 set 2020 - 20h47

Isolamento social cai após ‘bandeira amarela’

Índice chega a 35% em Curitiba, onde houve relaxamento das medidas de proteção contra Covid-19

Duas semanas após decretar risco baixo para contaminação por coronavírus, Curitiba registra um dos menores índices de isolamento social durante a pandemia. O número chegou a 35% nesta quarta-feira (2).

Os dados são da In Loco, empresa de tecnologia especializada em localização. Eles são baseados na movimentação de dispositivos móveis, como celulares. No Paraná, o índice de isolamento caiu para 34% no dia 2 de setembro.

Na Capital, o número era de 40% no dia 18 de agosto, quando a chamada ‘bandeira amarela’ começou a valer. Uma semana depois, em 25 de agosto, o percentual foi de 37%. No dia 28 de agosto, o isolamento social dos curitibanos caiu para 35%, subindo no sábado (29) e domingo (30), quando registrou 38% e 47%, respectivamente. Mas logo no início de setembro, o índice voltou a baixar e, neste dia 2, chegou a 35% novamente.

A ‘bandeira amarela’ autorizou a reabertura dos poucos comércios que ainda estavam fechados, a volta das feiras livres, como a do Largo da Ordem, bares e shoppings aos fins de semana. Os parques também voltaram a receber famílias e praticantes de esportes, ficando lotados no fim de semana.

As aglomerações ainda continuam proibidas, mas não é o que se vê. Denúncias de festas e música ao vivo são frequentes e a fiscalização da Prefeitura não tem dado conta dos atendimentos.

Enquanto isso, Curitiba registra 1.039 mortes pelo coronavírus e um total de 34.317 contaminados desde o início da pandemia, segundo a Secretaria Municipal de Saúde. Em todo Paraná, já são 3.411 óbitos e 136.391 casos de Covid-19 até esta quarta-feira (3).

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias