Hackers atacam Grupo Positivo e derrubam sistema | Jornal Plural
Clube Kotter
16 out 2020 - 14h45

Hackers atacam Grupo Positivo e derrubam sistema

Crime cibernético ameaça segurança de dados e prorroga boletos de pagamento educacional

A invasão foi há 10 dias, na noite de 6 de outubro, mas até agora o Grupo Positivo trabalha para restabelecer seu sistema, atacado por hackers. O crime cibernético prejudicou “a integridade e a segurança dos dados” e está sendo investigado pela polícia em segredo de justiça, afirma o Grupo.

O ataque foi na Positivo Educacional, que engloba todas as unidades do Positivo, exceto a Positivo Tecnologia, “que possui sistemas próprios pelas peculiaridades de ser uma empresa de capital aberto”.

A instituição não confirmou, mas o ataque teria sido provocado por um ransomware – um vírus que sequestra informações do sistema operacional da vítima e impossibilita o acesso. Os criminosos costumam pedir dinheiro (em bitcoin, a moeda virtual) para devolver os dados.

O Grupo confirmou apenas que o seu sistema ficou fora do ar, “a fim de possibilitar o restabelecimento com segurança”. De acordo com o Positivo, os sistemas pedagógicos não foram afetados, mas os boletos de pagamento serão prorrogados, “sem qualquer prejuízo aos pais”.

UP

A Universidade Positivo – adquirida pelo Grupo Cruzeiro do Sul – emitiu nota na qual informa o ataque contra a Positivo Educacional, que “impactou também os serviços da instituição, uma vez que ainda utiliza os mesmos sistemas e parque tecnológico do Grupo Positivo”.

Segundo a UP, a equipe de Tecnologia da Informação (TI) tirou os sites do ar de forma preventiva, assim que a invasão foi detectada, “afim de interromper possível vazamento de dados e verificar o alcance dos prejuízos”.

“Ressaltamos que as medidas de contingência estão sendo tomadas e, por isso, o site da UP ficará fora do ar até que a situação seja normalizada. Manteremos a comunidade informada dos avanços das investigações.”

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias