31 mar 2022 - 11h37

Fortes ventos provocam quedas de árvores e deixam 54 mil residências no escuro em Curitiba

Nesta quinta-feira, Copel estima que cerca de 700 consumidores ainda estejam sem energia na capital

A Defesa Civil de Curitiba divulgou um balanço sobre as consequências dos fortes ventos e chuva ocorridos nesta quarta-feira (30). Ninguém ficou ferido, mas ocorreu um desabamento no bairro Cachoeira.

Em 46 bairros da capital houve quedas de árvores ou galhos grandes. Foram atendidas 124 solicitações. Além disso, faltou luz em diversas regiões da cidade. Ao Plural, a Copel informou que nesta quinta-feira (31) ainda há 713 residências sem energia.

Conforme a empresa, os desligamentos foram causados principalmente por ventos fortes, descargas atmosféricas e queda de galhos sobre a rede. Ao todo, 54 mil consumidores chegaram a ficar sem luz. Nesta manhã, equipes e operadores trabalham para reestabelecer o fornecimento.

De acordo com a Defesa Civil do município, também foram registradas nove ocorrências para fornecimento emergencial de lona, atendidas por equipes da Guarda Municipal (bairros Santa Felicidade, Pilarzinho, Barreirinha, Tatuquara, Atuba, Boqueirão, Abranches e Tingui). Apesar disso, nenhum curitibano ficou desabrigado.

Uma placa de trânsito caiu no Guabirotuba. A queda foi provocada pelas rajadas de vento, que segundo o Simepar chegaram a 40 quilômetros por hora.

Previsão do tempo

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), esta quinta-feira continuará com clima instável em Curitiba. Estão previstas pancadas de chuva e trovoadas isoladas. À tarde podem ocorrer ventos moderados. Além disso, deve esfriar. A mínima é de 12 graus.

O Plural é um jornal independente mantido pela contribuição de nossos assinantes. Ajude a manter nosso jornalismo de qualidade. Assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. E passa a fazer parte da comunidade mais bacana de Curitiba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os comentários feitos em textos do Plural são moderados por pessoas, não robôs, e não são publicados imediatamente. Não publicamos comentários grosseiros, agressões, ofensas, acusações sem provas nem aqueles que promovem tratamentos sem comprovação científica.

Últimas Notícias

É falso vídeo que tenta ligar filho de Lula a Petrobras e a aumento de combustíveis

Diferentemente do afirmado em vídeo, o preço do barril de petróleo não é manipulado por uma empresa internacional que investe na Petrobras. O preço varia, na verdade, com a oferta e demanda do produto no mundo. Além disso, nenhum filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é sócio de empresa investidora da companhia e o presidente Jair Bolsonaro (PL) não instaurou uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os acionistas da petroleira. O conteúdo é falso

Projeto Comprova

É de graça


E vai continuar assim. Mas o nosso trabalho só existe porque ele é financiado por você, leitora e leitor, e por parceiros. Ajude o Plural a continuar independente. Apoie e assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

Já é nosso assinante?
Faça seu login com email ou nome de usuário

Não é assinante?  Assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

This will close in 20 seconds