Exército vai ajudar a fiscalizar os ônibus de Curitiba | Jornal Plural
Clube Kotter
10 maio 2020 - 19h10

Exército vai ajudar a fiscalizar os ônibus de Curitiba

Ações das forças armadas começam a partir desta quinta-feira (14). O objetivo é ajudar a evitar aglomerações em terminais do transporte coletivo e nas filas da Caixa Econômica Federal

O Exército Brasileiro vai passar a auxiliar na fiscalização do transporte coletivo de Curitiba nesta semana. A ideia é que as forças armadas passem a orientar passageiros nos ônibus e nos terminais. O objetivo: evitar qualquer desrespeito ao limite de lotação de 50% nos ônibus.

O anúncio do reforço nesta sexta-feira (8), veio dias depois de a Urbs registrar aumento da circulação de idosos nos ônibus. Atuação do Exército deve começar a partir da quinta-feira (14).

A ação contará com 80 soldados do Exército e deve durar 10 dias, com possibilidade de prorrogação. As forças armadas devem atuar também no trabalho de orientação contra aglomerações em filas para buscar o auxílio emergencial na Caixa Econômica Federal. Todo o trabalho deve ser feito em 18 agências.

Além disso, a Urbs também deve ganhar ajuda do Exército para a limpeza nos ônibus. A frota em circulação é de 800 veículos e a higienização é feita com desinfetante e bactericida.

Atualmente, equipes da Guarda Municipal e Agentes da Urbanização de Curitiba (Urbs) estão fazendo esse trabalho nos pontos de maior movimentação na cidade. As orientações são para que os usuários obedeçam a distância mínima de 1,5 metro entre as pessoas. Além disso, todos devem usar máscaras no transporte.

A orientação acontece nos terminais do Cabral, Pinheirinho, Centenário, Boqueirão e Santa Cândida. O horário é das 5h30 até 8h30. Nas estações tubo das praças Carlos Gomes e Rui Barbosa; no terminal do Pinheirinho e na estação Central, ocorre entre 16h30 e 19h30.

Ei, você! O Plural pretende sempre oferecer conteúdo gratuito e de qualidade. Mas isso só é possível se a gente tiver apoio de quem gosta do projeto. Olha só: você clica aqui, faz uma assinatura de R$ 15 e ganha um jornal para a cidade. Tá barato, hein?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias