EstaR Digital passa a ser obrigatório em Curitiba | Jornal Plural
11 maio 2020 - 17h14

EstaR Digital passa a ser obrigatório em Curitiba

Motoristas devem escolher entre sete aplicativos de estacionamento disponíveis

A partir desta segunda-feira (11), devem utilizar o EstaR Digital todos os motoristas que estacionarem seus carros em uma das 12 mil vagas tarifadas pela Prefeitura de Curitiba. Os antigos talões de papel não são mais aceitos. Eles foram substituídos por sete aplicativos, que têm como objetivo facilitar o controle das vagas na Capital.

A automatização no uso dos estacionamentos das vias públicas de Curitiba entrou em vigor em 16 de março, mas até sábado (9) era possível também utilizar os talões. “Agora, só será aceito o EstaR eletrônico, que traz agilidade, segurança e moderniza o sistema. As operações, que passam a ser realizadas por aplicativos, serão mais práticas para o usuário, que poderá fazer todo o processo com poucos toques no celular e também renovar o período de permanência pelo próprio aplicativo”, explica o presidente da Urbanização de Curitiba (Urbs), Ogeny Maia Neto.

Até dia 10 de junho, quem ainda possui os bloquinhos de papel do EstaR pode trocá-los por créditos no aplicativo. Para isso, é preciso agendar um horário de atendimento na sede da Urbs, que fica na Rodoferroviária de Curitiba, ou em uma das Ruas da Cidadania – localizadas nos terminais do Carmo, Pinheirinho, Cajuru, Boa Vista, Fazendinha, Santa Felicidade, Tatuquara, Bairro Novo e Matriz. O atendimento é das 11h às 17h, mas só será realizado via agendamento pelo site.

As placas de sinalização do EstaR eletrônico, espalhadas pela Cidade, também possuem um QR Code que pode ser lido pelo celular e mostra quais são os aplicativos credenciados. Para quem não tem celular disponível, será possível comprar créditos em 160 pontos comerciais e de serviços habilitados. Confira a lista dos locais aqui.

A troca é gratuita mas para concretizá-la é necessário que o motorista já tenha baixado um dos aplicativos autorizados em seu celular. São eles: Meu EstaR, Faz Digital Curitiba, El Parking, Zul EstaR Digital, EstaR Digital Zazul, Transitabile e Estacionamento Digital. Todos estão disponíveis nas plataformas Android e iOS.

Como funciona

O uso o EstaR Digital será condicionado ao crédito do usuário. Ele pode comprar o valor pelo aplicativo ou nos pontos de venda autorizados. Depois, precisa inserir o número da placa do veículo, localização e tempo de permanência, que pode ser de, no máximo, duas horas, dependendo do local.

A diferença é que agora é possível pagar por menos tempo. Os créditos são fracionados em 15 minutos, que custam R$ 0,75 cada. Uma hora tem o valor de R$ 3. Em caso de ultrapassar o limite de tempo permitido, ou de estacionamento irregular, será aplicada multa de R$ 195,23, considerada grave e com cinco pontos na habilitação do condutor.

Antes disso, porém, o motorista terá cinco dias úteis para regularizar a infração, mediante pagamento de R$ 30 – que pode ser feito por meio de boleto emitido no site da Urbs. O valor, no entanto, não será revertido em créditos.

Ei, você! O Plural pretende sempre oferecer conteúdo gratuito e de qualidade. Mas isso só é possível se a gente tiver apoio de quem gosta do projeto. Olha só: você clica aqui, faz uma assinatura de R$ 15 e ganha um jornal para a cidade. Tá barato, hein?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assuntos:

Últimas Notícias