Educadores completam 24h de greve de fome | Jornal Plural
Clube Kotter
20 nov 2020 - 14h54

Educadores completam 24h de greve de fome

Grupo protesta contra o edital PSS e exige mudanças e valorização profissional

Professores, funcionários e estudantes presentes na manifestação que busca a revogação do edital N.º 47/2020 concluíram um dia sem alimentação. Vinte e nove educadores ainda estão em jejum, esperando uma decisão do governador Ratinho Jr sobre o edital, que coloca em risco de demissão 28 mil profissionais contratados pelo Processo Seletivo Simplificado (PSS).

A APP-Sindicato – que representa a categoria – relata que uma unidade móvel de atendimento foi disponibilizada no local, para o monitoramento dos profissionais que estão realizando a greve de fome. “Caso os(as) trabalhadores(as) passem mal durante o ato, o(a) grevista será atendido(a) na unidade móvel e, se necessário, encaminhado(a) para uma unidade de pronto atendimento.”

O grupo, que protesta desde terça-feira (17), ocupou a Assembleia Legislativa do Paraná, saiu do local por ordem da Justiça, e agora está mobilizado em frente ao Palácio Iguaçu. Na tarde de ontem (19), uma reunião foi realizada com o chefe da Casa Civil do Paraná, Guto Silva. Segundo a APP-Sindicato, a negociação não foi concluída e Guto Silva teria assumido o compromisso de levar a solicitação ao Governo. Uma decisão é esperada para o fim da tarde de hoje.

Atualização

No fim da tarde dessa sexta-feira (20), por decisão da Justiça e do procurador do Estado, Roberto Altheim, foi determinada a saída dos professores, educadores e funcionários que protestam no Palácio Iguaçu. O grupo estava em greve de fome há quase 30 horas. A APP-Sindicato diz que recorrerá da decisão.

Colaborou: Matheus Koga

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Um comentário sobre “Educadores completam 24h de greve de fome

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias