20 maio 2022 - 11h00

Clube de tiro dá aula gratuita a donos de bares: “Vamos ensinar o empresário a se defender”, diz presidente da Abrabar

Entidade diz que sensação de insegurança no setor motivou a parceria

A Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas de Curitiba (Abrabar) firmou uma parceria com o clube de tiro Santa Artilharia, em Santa Felicidade, para que empresários associados tenha aulas gratuitas de tiro.

“O intuito é apresentar ao empresário um local adequado, seguro e regularizado para iniciar a práticas de tiro. Vamos ensinar o empresário a se defender ou ter noção de manuseio de arma de fogo”, diz Fabio Aguayo, presidente da associação.

“O segundo passo é o empresário se familiarizar e ter consciência, se vai querer buscar ter posse ou não de arma para defesa pessoal, patrimonial ou para prática esportiva. Todo cidadão que pretende ter uma arma legal deve ter noções básicas para evitar tragédias e acidentes”, explica Aguayo.

Segundo ele, o interesse dos empresários do setor é grande por causa do “crescimento da sensação da insegurança pública”.

A parceria prevê que o aluguel de arma seja gratuito na primeira visita. Para desfrutar do benefício, os associados terão que se identificar com uma credencial fornecida pela associação. O aluguel de uma arma e do stand por uma hora é de R$ 60.

O empresário Murilo de Oliveira, sócio do clube de tiro, explica que qualquer pessoa pode praticar o tiro esportivo e que quem nunca atirou vai receber uma “orientação básica de regras de segurança e também de manuseio da arma”.

Atirador pode escolher com qual arma praticar o tiro. Foto: Divulgação.

“O tiro esportivo é como qualquer outro esporte, como arco e flecha. Não precisa ter autorização, licença, nem nada. Apesar do preconceito com armas de fogo, o esporte dentro de um estande de tiro, num ambiente controlado com instrutor, não tem restrição a não ser de idade que tem que ser no mínimo de 14 anos”, explica Oliveira.

Segundo o empresário Giocondo Vilanova Artigas Neto, sócio do clube de tiro e dono também do Taj Bar, diz que “toda a sociedade sofre com insegurança no Brasil. E poder ter o direito de proteger a sua família e seu patrimônio, é sinônimo de liberdade”.

O Plural é um jornal independente mantido pela contribuição de nossos assinantes. Ajude a manter nosso jornalismo de qualidade. Assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. E passa a fazer parte da comunidade mais bacana de Curitiba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os comentários feitos em textos do Plural são moderados por pessoas, não robôs, e não são publicados imediatamente. Não publicamos comentários grosseiros, agressões, ofensas, acusações sem provas nem aqueles que promovem tratamentos sem comprovação científica.

Últimas Notícias

É de graça


E vai continuar assim. Mas o nosso trabalho só existe porque ele é financiado por você, leitora e leitor, e por parceiros. Ajude o Plural a continuar independente. Apoie e assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

Já é nosso assinante?
Faça seu login com email ou nome de usuário

Não é assinante?  Assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

This will close in 20 seconds